quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Italianos buscam encerrar conflito entre Berlusconi e Fini

Roma - Uma proposta de "cessar-fogo" entre o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, e o presidente da Câmara dos Deputados, Gianfranco Fini, surgiu ontem(11)  para dar fim ao conflito iniciado há duas semanas.     O premier e seu então aliado romperam um relacionamento de amizade política quando o conselho diretivo do partido Povo da Liberdade (PDL) votou pela saída do titular da Câmara, um dos cofundadores da agremiação.     Com o afastamento, Fini criou um novo grupo parlamentar, o Futuro e Liberdade para a Itália (FLI), que poderia causar desequilíbrio no governo com a perda da maioria de Berlusconi no Congresso.

O primeiro sinal do fim do embate seria a divulgação de uma nota assinada por senadores do PDL que aderiram à bancada do FLI. No texto, eles disseram que "após as polêmicas de agosto, em setembro o caminho a ser seguido deve ser o de um sério debate".

"Somos conscientes de que a estabilidade do governo é um valor econômico-social, e que o respeito aos eleitores é um valor de moral política", afirmaram.

Para os aliados a Fini, "é indispensável pôr no centro da nossa ação o interesse da Itália, enfrentado com decisão temas prioritários, o fisco, o federalismo, a questão do sul, as reformas institucionais e a Justiça, e nós trabalharemos nessa direção".

Poucas horas depois, Berlusconi respondeu, por meio de comunicado oficial. Segundo ele, falta "reconhecer que o mandato eleitoral recebido e o programa de governo votado por milhões de italianos devem ser respeitados como um valor ético absoluto", e que essa é a "única atitude responsável e construtiva diante de nossos eleitores".

"Além das palavras irresponsáveis e às vezes delirantes pronunciadas por alguns contra o governo ou contra a mesma maioria a que pertencem, será seguramente possível voltar a achar essa unidade", acrescentou.

Após a posição amena de Berlusconi, os chefes da bancada do FLI no Parlamento, Ítalo Bocchino e Pasquale Viespoli, sustentaram que "a disponibilidade do chefe de Governo em busca de uma nova unidade entre as frentes da centro-direita é um sinal positivo".
 
http://www.ansa.it/
imagem arquivo virtual

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo