segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Novo banco de dados Arquivo Nacional


Consulta online das relações de passageiros desembarcados no Porto do Rio de Janeiro

Atualmente, estão disponíveis cerca de duzentos mil registros do período compreendido entre os anos de 1885 e 1891. O projeto de entrada de dados conta com o patrocínio do BNDES. Veja no menu do site do Arquivo Nacional, no  link "Consultas ao Acervo" para ter acesso à base de dados.

No final do século XIX, milhares de estrangeiros desembarcaram no porto do Rio de Janeiro, iniciando para a história, o que seria o período da primeira imigração massiva (1880-1930). Imigrantes de diversas origens, principalmente portugueses, italianos, japoneses e espanhóis, mas também, judeus, sírios e libaneses, chegaram às terras brasileiras, iniciando o sonho de fazer a América. Desde então, o Rio de Janeiro passaria a ser o portal de entrada e o Brasil, o país mais miscigenado do mundo.

Para recuperar a história dos grupos migratórios que participaram na formação da sociedade brasileira contemporânea, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES em parceria com o Arquivo Nacional, unindo apoio financeiro, conhecimento técnico e documentação, iniciou em outubro de 2008 o projeto de Entrada de Estrangeiros no Brasil: As relações de passageiros desembarcados no porto do Rio de Janeiro´foi  idealizada e coordenada  pela professora Ismênia de Lima Martins (Universidade Federal Fluminense), o projeto tem por objetivo a organização de um banco de dados com descrições das listas de passageiros desembarcados no Rio de Janeiro.

Esta base de dados permitira solucionar questões concretas que passem pela reunião de famílias, direitos de cidadania e propriedade com acesso rápido e fácil à documentação. O projeto continua em execução e as atualizações periódicas possibilitarão a ampliação progressiva do universo da busca.

Além de ser uma documentação histórica importante, pode-se dizer que as listas de vapores representam, de uma certa forma, documentos familiares, guardados e cuidados pelo Arquivo Nacional, mas pertencentes a todos os brasileiros e/ou estrangeiros. Os navios que ancoravam no porto carioca traziam, nas suas idas e vindas, histórias ao mesmo tempo coletivas e individuais, pois cada imigrante, além de ser partícipe do seu próprio tempo, carregava consigo também a sua história particular e familiar.

A recuperação das informações, contidas num universo de mais de 10 mil listagens, representa um avanço no desenvolvimento da pesquisa sobre a imigração no Brasil, um tema que diz respeito a todos aqueles que participaram, direta ou indiretamente, na formação da sociedade brasileira.



http://www.arquivonacional.gov.br/

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo