quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Presidente da Itália apóia compromisso em favor de Sakineh

Giorgio Napolitano

Roma, 7 set (EFE).- O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, sustentou hoje que a condenação à morte por apedrejamento imposta à iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani é um ato "altamente lesivo" e apoiou o compromisso do Governo para "salvar a vida" dessa mulher.

O regime iraniano condenou Ashtiani à morte por suposto caso de adultério e envolvimento no assassinato de seu marido.

"É um ato lesivo para os princípios de liberdade e defesa da vida", afirmou Napolitano à imprensa, após sua reunião com a presidente finlandesa, Tarja Halonen.
Esta não é a primeira demonstração de apoio da Itália. No fim de agosto, os ministros de Assuntos Exteriores e de Igualdade, Franco Frattini e Mara Carfagna, respectivamente, afirmaram que não era possível aceitar que uma mulher seja morta.

O Vaticano reiterou a posição contrária da Igreja à pena de morte considerando o apedrejamento como uma de suas formas "mais brutais".

Sakineh Mohammadi Ashtiani, 43 anos, foi condenada à morte por apedrejamento acusada de colaborar para o assassinato de seu marido e de adultério, embora a pressão internacional tenha levado o Governo de Teerã a atrasar a execução da sentença, mas não revogar a condenação.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo