sábado, 28 de agosto de 2010

Dia Nacional de Combate ao Fumo reforça o direito a ambientes 100% livres do tabaco

Domingo é dia de se conscientizar para um problema que afeta milhares de pessoas em todo o Brasil, o tabagismo. O Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado no dia 29 de agosto, tem o objetivo de reforçar as ações de sensibilização da população para os danos causados pelo tabaco, seja para quem fuma ou respira passivamente a fumaça de cigarros comuns, de palha, de cravo, bali hai, cigarrilhas, charutos, cachimbos, narguilé etc.  

Este ano, o tema escolhido pelo Ministério da Saúde e Instituto Nacional do Câncer (INCA) é "Ambientes 100% Livres de Fumo: um direito de todos", que visa a esclarecer a população brasileira sobre os malefícios que a fumaça ambiental do cigarro pode causar ao organismo. De acordo com a médica pneumologista Clarissa Marina Silveira, do Hospital Júlia Kubitschek, da rede Fhemig, não restam dúvidas de que o fumo passivo é prejudicial à saúde. “A exposição à fumaça ambiental dos derivados do tabaco causa doenças como problemas respiratórios, cardiovasculares, cânceres de pulmão e face, além do câncer de mama em mulheres pré-menopausa”, alerta.  

Em crianças, o contato com a fumaça pode causar, inclusive, mortes prematuras, além de aumentar o risco de síndrome da morte súbita infantil, infecções respiratórias agudas, problemas de ouvido, desenvolvimento e/ou aumento da gravidade da asma. “Pais fumantes expõem os filhos à poluição tabagística ambiental (PTA) e aumentam não só o risco dessas doenças, mas também prejudicam o desenvolvimento pulmonar de seus filhos”, enfatiza a médica.  

Ainda segundo ela, o tabagismo é considerando uma doença crônica. “É a principal causa de morte evitável no mundo. Estudos mostram que indivíduos que deixam de fumar vivem em média 10 anos de vida a mais do que os indivíduos fumantes, e com maior qualidade de vida” afirma.  

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a fumaça de tabaco é o principal agente poluidor de ambientes fechados. O tabaco possui mais de quatro mil substâncias tóxicas e dessas, mais de 50 são causadoras de câncer. Por isso, não há nível seguro de exposição.  

A pneumologista do Hospital Júlia Kubitschek reforça que a consciência é importante para ajudar a acabar com uso do tabaco em ambientes fechados ou perto de pessoas não-fumantes “Cabe ao fumante se sensibilizar e respeitar o ambiente, zelando pela saúde de todos” conclui.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo