terça-feira, 21 de setembro de 2010

Deepwater Horizon: 50.000 expostos a riscos para a saúde

Uma nova pesquisa realizada por dois especialistas dos E.U.A. sobre os efeitos na saúde dos derrames de petróleo levou à publicação de um artigo no Annals of Internal Medicine, no qual os autores fazem cinco recomendações, lições para o futuro no que diz respeito às consequências dos derrames de petróleo. O primeiro parágrafo do relatório afirma que 50.000 trabalhadores foram expostos durante o derrame do Deepwater Horizon em águas profundas e que enfrentam graves riscos psiquiátricos, bem como sintomas físicos. 

Em seu artigo "Lições para o estudo dos efeitos na saúde dos derramamentos de petróleo", os especialistas norte-americanos David A. Savitz, PhD pela Universidade de Brown, Providence, RI e Lawrence S. Engel, PhD do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, New York, afirmam que "Cada desastre ambiental é único, com consequências para a saúde que dependem da interseção do evento, a configuração geográfica e as características da população local". No caso de Deepwater Horizon, afirmam "o relatório Rodríguez-Trigo e colegas de efeitos para a saúde dos pescadores que ajudaram a limpar a maré negra do Prestige oferece uma oportunidade para examinar as práticas que facilitem o estudo dos efeitos na saúde entre os 50 000 trabalhadores e outras pessoas expostas durante o derramamento Horizon Deepwater em 2010 e futuros incidentes ".

A pesquisa levou estes dois especialistas a fazerem cinco recomendações:

Recomendação 1: Coletar e históricos médicos dos trabalhadores expostos o mais cedo possível. As amostras biológicas são extremamente importantes e devem ser recolhidas o mais rapidamente possível, fornecendo dados de campo para ajudar a proteger os em contato com um derramamento de petróleo. Entre os primeiros expostos para os riscos de saúde são os trabalhadores de limpeza e de entre estes são voluntários que possam não ter recebido formação adequada.

Recomendação 2: Avaliação comportamental detalhada.

Métodos adequados para avaliar a exposição a riscos de derramamento de petóleo podem ser afetados negativamente pela urgência da necessidade de conter o derramamento de petróleo em si, por isso é importante a elaboração de matrizes de postos de trabalho relacionados, fornecendo também informações sobre a utilidade do equipamento e de métodos de formação 

Recomendação 3: Considere uma ampla gama de questões de saúde.

O foco deve estar sobre os efeitos da saúde do derrame, e não apenas no petróleo em si. O relatório afirma que a maré negra do Prestige indica que os trabalhadores de limpeza sofreram problemas respiratórios e danos cromossômicos a longo prazo e a Recomendação 3 sugere que os responsáveis pela gestão do derramamento do Golfo do México sejam atentos aos sintomas de doenças como leucemia, mieloma múltipla e melanoma, juntamente com "evidências de genotoxicidade e danos cromossômicos". Na área de distúrbios psicológicos, violência doméstica e o declínio da saúde mental têm sido relatados como conseqüências dos derrames anteriores. 

Recomendação 4: Plano de pesquisa para orientar intervenções de saúde pública imediatas e para garantir o avanço da ciência.
Às comunidades envolvidas no derrame deve ser fornecida informação imediata, de modo a avaliar as necessidades de saúde e prestar os serviços correspondentes. Se as pessoas são informadas sobre os perigos da exposição a substâncias tóxicas, então as práticas de trabalho podem ser ajustadas e o grau de exposição pode ser minimizado. Finalmente, "Dados sobre a presença de elevadas taxas de graves problemas psiquiátricos podem ser muito valiosos para aqueles que prestam serviços de saúde na região".

Recomendação 5: Reconhecer e trabalhar dentro do contexto político.

"No derrame Horizon Deepwater, tensões se desenvolveram entre o desejo de investigar a fundo as conseqüências na saúde do derramamento e o desejo de oferecer a garantia de que irá revigorar o turismo da região e empresas de produtos de frutos do mar". Por esta razão, todos os dados devem ser divulgados de forma científica e objectiva, porque serão utilizados em processos de contencioso.

Investigação realizada por:
David A. Savitz, PhD
Brown University
Providence, RI 02912
Lawrence S. Engel, PhD
Centro Memorial Sloan-Kettering Cancer
New York, NY 10065

Fonte: Annals of Internal Medicine
http://www.annals.org/content/early/2010/08/23/0003-4819-153-8-201010190-00276.full?aimhp

Timothy Bancroft-Hinchey
Pravda.Ru 

Fonte: Pravda.ru

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo