sábado, 18 de setembro de 2010

Reino Unido prende 6º suspeito de tramar ataque durante visita do Papa


Reino Unido prende 6º suspeito de tramar ataque durante visita do Papa.   Mais cedo, 5 varredores de rua haviam sido presos no centro de Londres.  Bento XVI disse estar tranquilo, e programação da viagem não foi mudada.

Do G1, com agências internacionais -  A polícia britânica anunciou nesta sexta-feira (17) ter preso um sexto homem suspeito de preparar um ataque terrorista durante a visita do Papa Bento XVI ao Reino Unido.

Mais cedo, a polícia antiterrorismo havia prendido cinco varredores de rua que trabalhavam na região central de Londres, próximo ao Parlamento, onde o pontífice falaria mais tarde.

O sexto homem, de 29 anos, foi preso de tarde, em uma casa no norte da capital. Não estava claro se ele trabalhava para a mesma empresa que os cinco primeiros.

A polícia informou que ainda estava vasculhando oito casas e dois escritórios.

Os cinco primeiros suspeitos, com idades entre 26 e 50 anos, cujos nomes não foram divulgados foram presos por volta das 5h45 locais (1h45 de Brasília), segundo comunicado da Scotland Yard. Eles foram levados a uma delegacia para interrogatório.


O papa Bento XVI durante celebração com estudantes nesta sexta-feira (17) na St Mary's University College, em Twickenham. (Foto: AP)
O canal de televisão Sky citou fontes não identificadas dizendo que os seis homens eram argelinos, mas a polícia não comentou a notícia e a Embaixada da Argélia disse que não foi notificada sobre a prisão de qualquer um de seus cidadãos.

A BBC informou ainda que, a princípio, os homens não teriam planejado um atentado em massa.

"Depois das prisões de hoje, os preparativos para o policiamento da visita papal foram revisados, e estamos satisfeitos que nossos planos atuais de policiamento continuam apropriados", diz o comunicado.

A polícia também informou que os itinerários previstos para a visita papal não foram alterados, e que o nível de alerta de terrorismo no país continuava igual.

Papa 'tranquilo' - O  Papa está "tranquilo" e "confia na polícia, que toma as medidas necessárias", disse em Londres Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano, ao ser questionado sobre a prisão. O programa da viagem não foi alterado.

O Vaticano foi informado sobre as detenções quando o papa estava chegando a uma universidade católica no sudoeste de Londres.
Na universidade, o papa lembrou a Igreja que sua prioridade é oferecer um ambiente seguro para crianças. A Igreja foi fortemente abalada por provas de abuso sexual de crianças cometido por padres.

Algumas centenas de pessoas se reuniam e gritavam "Papa deve renunciar!" e "Vergonha!" enquanto o comboio papal entrava num complexo educacional católico. Placas diziam "Hipocrisia e mentiras" e "Pedofilia católica encoberta".

Depois, ele visitou a área do Parlamento, onde se reuniu com o arcebispo de Canterbury e falou com líderes britânicos.

Centenas de manifestantes protestaram, chamando-o de "anti-Cristo" e gritando "vergonha", ao mesmo tempo em que mostravam cartazes de crianças que haviam sofrido abusos sexuais por parte de padres, em um escândalo que abalou a Igreja Católica em todo o mundo.

Protestos semelhantes ocorreram em uma universidade católica visitada pelo papa pela manhã.

Bento XVI está bastante protegido na sua visita, movimentando-se sempre em um carro à prova e balas e cercado de seguranças.


Manifestante segura cartaz com crítica ao papa nesta sexta-feira (17) em Londres. 'Proteja as crianças, não a igreja', diz o cartaz. (Foto: AP)


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo