terça-feira, 12 de outubro de 2010

Google cria automóveis com inteligência artificial

A gigante da internet anunciou no fim de semana que está testando automóveis com inteligência artificial. 

O carro é um projeto do Google, que vinha trabalhando em segredo para criar veículos que andam sozinhos. Os carros usam um software de inteligência artificial que percebe qualquer objeto perto do veículo e reproduz decisões tomadas por um humano. 

Os carros são monitorados por dois funcionários do Google. Um fica no banco do motorista, mas só dirige em caso de emergências. O segundo técnico fica no banco de passageiros, controlando o software de navegação. Sete carros do Google já andaram mais de 1,6 mil quilômetros sem intervenção humana e mais de 220 mil quilômetros com intervenção humana moderada. 

De olho na segurança

Carros autônomos ainda estão muito longe da produção em massa. Mas especialistas que há muito tempo sonham com eles acreditam que esses veículos podem transformar a sociedade de forma tão profunda quanto a internet.

Motoristas robôs reagem mais rápido do que humanos, têm visão de 360 graus e não se distraem. Eles também não dormem ao volante nem ficam embriagados, argumentam os engenheiros.

Esses profissionais falam principalmente da questão de vidas salvas e da prevenção de acidentes – mais de 37 mil pessoas morreram em acidentes de carro nos Estados Unidos em 2008.

Os engenheiros dizem que a tecnologia pode dobrar a capacidade das estradas ao permitir que os carros andem mais próximos uns dos outros de modo seguro. Como os veículos automatizados seriam menos propensos a bater, eles poderiam ser mais leves, diminuindo o consumo de combustível. Mas, claro, para que sejam realmente mais seguros os carros devem ser mais confiáveis do que, por exemplo, os atuais computadores. Eles travam de vez em quando e são frequentemente infectados por vírus.

Projeto começou em Stanford

O projeto do carro automático foi concebido por Sebastian Thrun, 43 anos, diretor do laboratório de inteligência artificial da Universidade de Stanford. Ele também é funcionário do Google e o criador do serviço Street View.

Em 2005, ele liderou uma equipe de Stanford que criou o carro automático Stanley. O projeto foi o vencedor de um concurso realizado pela Darpa, agência científica do governo dos Estados Unidos, e ganhou um prêmio de US$ 2 milhões. No concurso, o Stanley andou sozinho por mais de 200 quilômetros no deserto da Califórnia.

Além do time de 15 engenheiros trabalhando no atual projeto, o Google contratou mais de dez pessoas, todas com histórico perfeito de direção. Elas foram contratadas para ao volante durante os testes, ganhando US$ 15 por hora. O Google usa seis carros Prius, da Toyota, e um Audi TT no projeto.

Fonte: IG
jornalvarginhahoje

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo