sábado, 23 de outubro de 2010

Receita das exportações do agronegócio de Minas Gerais aumentam 30,3%

A receita das exportações do agronegócio mineiro alcançou US$ 5,3 bilhões nos nove primeiros meses deste ano. O valor é 30,3% maior que o registrado no mesmo período de 2009, segundo dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

De acordo com o superintendente de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa-MG), João Ricardo Albanez, o valor obtido com a comercialização dos produtos do agronegócio mineiro equivale a 24,2% do registrado pelas exportações totais do Estado nos nove primeiros meses deste ano. Ele destaca os resultados obtidos com a venda do café, principal produto de exportação do agronegócio mineiro e segundo no quadro das exportações totais do Estado, atrás do minério de ferro.

"A comercialização do café, nos nove primeiros meses deste ano, gerou uma receita da ordem de US$ 2,6 bilhões. Houve, portanto, um aumento de 30,2% em relação à cifra obtida com as vendas internacionais do nosso café nos nove primeiros meses de 2009", diz o superintendente.

Já o volume do produto mineiro colocado no mercado internacional entre janeiro e setembro de 2010 foi de 957,2 mil toneladas, um aumento de 7,7% em relação ao registrado no mesmo período de 2009. Embora esse crescimento dos embarques seja expressivo, o superintendente observa que foi fundamental, no período, a valorização do produto. Ele informa que, nos nove primeiros meses deste ano, o café produzido no Estado alcançou no exterior uma cotação média de US$ 2,8 mil a tonelada, um aumento de 20,8% em relação ao preço obtido entre janeiro e setembro do ano passado.

Açúcar: momento favorável

As exportações mineiras de açúcar, entre janeiro e setembro de 2010, também foram expressivas e, de acordo com Albanez, um dos principais fatores para o sucesso das vendas é que diversos países, principalmente a Índia, reduziram a oferta enquanto houve aumento da demanda mundial. O produto de Minas Gerais obteve a receita de US$ 748,1 milhões, um crescimento de 105,3% na comparação com os nove primeiros meses do ano passado.

De acordo com os dados do MDIC, o aumento do volume embarcado de açúcar pelo Estado também foi expressivo. Até setembro de 2010, foram 1,7 milhão de toneladas, 47,7% superior ao registrado no mesmo período de 2009.

Carnes e madeira

A exportação de carne bovina gerou uma receita de US$ 243,4 milhões, equivalente a um aumento de 16% na comparação com os negócios realizados nos nove primeiros meses de 2009. Já os negócios internacionais com a carne de frango de Minas Gerais somaram US$ 172 milhões. Um aumento de 30% em relação ao ano passado.

Albanez destaca também a exportação mineira de madeiras e derivados no acumulado de janeiro a setembro. A receita de US$ 550,8 milhões, neste segmento, teve uma evolução de 84,2%. Este valor foi obtido apesar da redução de 4,5% no volume exportado. "A retração da quantidade embarcada foi compensada, no período, pelo aumento do preço do produto no mercado internacional", explica.
jornalvarginhahoje

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo