sexta-feira, 26 de novembro de 2010

8.ª Mostra Portuguesa em Espanha

O Instituto Camões destaca este mês as seguintes novidades da língua e cultura portuguesas no mundo.
 
 
O mesmo modelo, novos fados

A Mostra Portuguesa de 2010 em Espanha está na rua. É a primeira que não tem a mão do poeta João de Melo. Mas desiluda-se quem tenha pensado que, sem o fundador, para mais nestes tempos de crise, o evento estaria condenado. A Mostra continua fiel a si própria, como é patente na programação gizada pela equipa de Luís Chaby Vaz, atual conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em Madrid, para aquele que é, por certo, um dos maiores investimentos e uma das maiores iniciativas da cultura portuguesa no estrangeiro todos os anos.

Luís Chaby Vaz, novo conselheiro cultural de Portugal em Madrid, fala aqui da 8ª Mostra Portuguesa em Espanha, dos custos do evento e do seu lugar na presença cultural portuguesa no país vizinho.

Coprodução teatral hispano-portuguesa


A dança da vida

O tema da morte, a partir de uma ótica contemporânea, mas tendo na origem «um trabalho de investigação e encenação à volta do teatro medieval e renascentista» – na explicação da encenadora espanhola Ana Zamora –, esteve na base do espetáculo apresentado pelas companhias Nao d’Amores e Cornucópia, em Segóvia (22-23 de outubro) e Madrid (5-7 de novembro), no âmbito da 8ª Mostra Portuguesa em Espanha.

Língua portuguesa em Espanha


Integração curricular é a palavra de ordem

A língua portuguesa está em alta em Espanha. Diversas comunidades autónomas mostram interesse na sua integração plena como língua estrangeira no sistema escolar. Enquanto disciplina de opção curricular, convive já, muitas vezes, com o francês ou com o alemão.

Rede EPE


2.500 alunos no ensino superior

A rede do Ensino Português no Estrangeiro (EPE) em Espanha a nível superior distribui-se por 17 universidades, compreendendo três centros de língua (Barcelona, Cáceres e Madrid) e duas cátedras – a cátedra ‘José Saramago’, na Universidade Autónoma de Barcelona, e a cátedra de Estudos Portugueses, na Universidade de Salamanca.



10 mil alunos do básico ao secundário

Um total de 10.179 em Espanha e 550 em Andorra aprendem este ano português nos níveis pré-escolar, básico e secundário no âmbito da rede EPE, segundo os dados da coordenação do ensino português para os dois países.

Língua portuguesa


Internacionalização em 7 blocos geoestratégicos

As políticas de internacionalização da língua portuguesa levadas a cabo pelo Instituto Camões (IC), ou em que este participa, estão estruturadas de acordo com 7 blocos geopolíticos e geoestratégicos, declarou a Presidente do IC, Ana Paula Laborinho, no encontro internacional Língua Portuguesa e Culturas Lusófonas num Universo Globalizado, que decorreu a 25 e 26 de outubro na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, organizado por esta instituição em parceria com a União Latina.

China


IC vai continuar a apoiar edição de autores portugueses na China

O Instituto Camões (IC) vai continuar a apoiar a edição de autores portugueses ou de obras sobre cultura portuguesa na China, segundo o Programa Executivo de Cooperação entre Portugal e a China nos domínios da cultura, língua, educação, ciência e tecnologia, ensino, juventude, desporto e comunicação social para 2010-2013.

Cinema Lusófono


Independências africanas em festival de cinema Margarida Cardoso, Joaquim Leitão, Francisco Manso e Teresa Prata participaram no Festival de Cinema Lusófono Sobre os 35 anos da Independência dos Países Africanos de Língua Portuguesa, organizado pelo setor de português do colégio ‘Queen Mary’ da Universidade de Londres, de 9 a 13 de novembro, no Alfred Hitchcock Cinema, da própria universidade.


Angola


World Press Photo em Luanda Até 25 de novembro, a exposição World Press Photo 2010 poderá ser vista em Luanda nas instalações locais do Instituto Camões – Centro Cultural Português.



México


Licenciatura de português no México Desde agosto passado que uma nova licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas (Português) está a funcionar na Faculdade de Filosofia e Letras (FFyL) da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM), fruto dos esforços deste estabelecimento de ensino, do Instituto Camões e de uma iniciativa de José Saramago, falecido a 18 de junho passado.





Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo