segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Um Mundo Onírico - Fotografias com luz infravermelha

A impressão que se tem é de se observar um mundo fantástico, com uma paleta de cores diferente da que conhecemos. A combinação de efeitos é uma extraordinária viagem a algum lugar imaginário. Uma arte que é também uma forma lúdica de apresentar o reverso da beleza natural.


Uma boa fotografia depende de muitos fatores. O ângulo, o enquadramento, a técnica e, especialmente, um bom observador por trás das lentes. Todos esses elementos juntos podem resultar em fantásticas imagens. No entanto, geralmente cria-se imagens que já conhecemos e esperamos.
Para criar variantes dessas imagens existem algumas técnicas como a fotografia em infravermelho, por exemplo. Uma técnica, sem dúvida, das mais interessantes e curiosas, usadas com diferentes propósitos, desde estéticos até militares.
O infravermelho é uma forma de luz invisível ao olho humano que transmite o calor. É refletida e absorvida, de maneira mais significativa, por fontes que emitem o calor (seres vivos), embora também seja produzida por meios de fontes de luz artificial. Mas nem o olho humano, nem sensores fotográficos comuns são capazes de captar o infravermelho. Sendo assim, os entusiastas devem estar munidos de equipamentos especiais para realizar tais fotografias.
O céu azul claro, por exemplo, quase dispensa por inteiro a luz infravermelha, enquanto a grama e as folhas a refletem em grande quantidade. Ao captar essa paisagem em infravermelho, observa-se que o céu, geralmente, torna-se escuro, enquanto as folhas verdes aparecem em um branco brilhante. É certo que no estilo perde-se um pouco do realismo, mas talvez por isso as imagens sejam tão atraentes: captam um nível de abstração arrebatador.


As imagens produzidas por esta técnica permitem uma visão diferente do mundo ao nosso redor, como se estivéssemos observando um universo onírico e enigmático. As cores e os tons produzidos provocam os sentidos e oferecem uma nova perspectiva às cenas mais comuns. Existe a impressão de uma visão além do que se está vendo de fato, como um cuidadoso mapeamento, ou um efeito térmico.
Para o fotógrafo Zach Stern, especialista em fotografias em infravermelhos, um artista deve equilibrar a acessibilidade, surpresa e beleza. E a técnica em questão faz tudo isto de maneira magistral. O infravermelho também é um meio excelente para a representação de um tema específico, enfatizando alguns pontos da imagem, de um modo belo e inesperado. Veja mais fotografias de Zach Stern.
A técnica já foi usada por soldados na Segunda Guerra Mundial, para detectar abrigos camuflados, e por policiais e equipes de segurança, além de ajudar em projetos de mapeamento florestal e urbano.





fonte: http://obviousmag.org/

1 Comentário:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Ingles. Daienne

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo