segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Caças da Luftwaffe - Messerschmitt Me 163 Komet

Após a derrota na Primeira Guerra Mundial , tratados de paz  impôs restrições severas a Alemanha para a fabricação e investigação em certos domínios técnicos aplicáveis às armas. Felizmente para os alemães, então conhecido como "Rocket" era um hobby, algo amador que não se levava a sério. Em 1928, a indústria de automóvel Opel, para promover sua marca de veículos, produziu um carro que chegou a 114 km / h usando foguetes com polvóra preta aplicado por Max Valier. Mais tarde, em uma evolução dos veículos, a Opel-se  ultrapassou 200 km / h movidos a combustível sólido.

Estes motores de foguete foram usados pela Opel apenas uma adaptação de armas de foguetes usados pela Marinha e eram difíceis de controlar, de modo que o Opel continuou suas experiências com veículos montados em trilhos que eram muitas vezes queimados ou explodiam, para o deleite da platéia. Enquanto isso, a Opel permitia a Valier fazer experiências individuais sobre os trilhos que a empresa tinha instalado.

Opel continuou o seu amor pelos foguetes e sua aplicação em veículos, mas necessitava ir mais longe e tentou decolar aviões com foguetes. Ele descobriu o problema que as superfícies da cauda do avião entrava em contato  com os gases de escape da propulsão dos foguetes. Tentou sem sucesso resolver o problema.

Opel podia fazer foguetes, mas não os aviões, assim que ouviu falar de um designer que havia construído um aviões sem cauda e em forma de delta. Sem pensar, Opel quis conhecer Alexander Lippisch. Depois de falar tanto acabou montando um projeto de planador foguete que com superfícies estabilizadora montada na frente, e assim decolou o primeiro avião movido a foguete . Entretanto, Valier seguia os testes, agora com foguetes de combustível líquido bastante perigoso. Um de seus protótipos explodiu e um fragmento  acertou o no coração. Valier sangrou até a morte.

Hellmuth Walter, continuou ao longo do caminho aberto por um seguro de Valier e conseguiu foguetes de combustível líquido. Estes pequenos foguetes foram utilizados durante  toda a Segunda Guerra Mundial como a assistência de lançamento para os bombardeiros da Luftwaffe em pistas curtas. A Luftwaffe imediatamente pensou: Por que não um caça impulsionados com os motores de Walter?

Imagens: Hellmuth Walter designer motor de foguete I-163. Alexandre M. O Designer do Lippisch-163

Lippisch passou a trabalhar como designer e projetou o Messerschmitt Me 163 A, um avião parecido  com os planadores esportivos da época , com as asas em forma de delta e sem as superfícies de cauda horizontal. Decolando em muito pouco espaço e realizava uma subida vertical até ficar quase sem combustível (só durava10 minutos). Depois de alguns minutos de voo planejando voltava ao chão com facilidade de vôo contra o que geralmente pensavam sobre este aparato, desde que foi construído como um planador (os pilotos sobreviventes atestam).

O Me 163 B (primeiro modelo de combate em operação) foi entregue à Luftwaffe em maio de 1944. Os Tanques de combustível eram mais elevados do que os de seu antecessor, o Me 163 A. O motor de Walter HWK 109-509a-2 dava um impuxo de 1700 quilos, que permitia até 76 metros por segundo (normal era de cerca de 15 m / s). Este dispositivo podia voar a mais de 1000 km / h, até 9145 metros em 2 minutos e tinha um teto de serviço de 12.000 metros, mas sua autonomia era apenas 35,5 quilômetros.

Resumindo um pouco, por exemplo: se uma formação de bombardeiros foi detectada em 5 minutos poderia ter a sua altura  uma esquadrilha de ME163 cuspindo fogo , mas apenas por dois minutos e meio. Nesse momento a aeronave sem combustível era completamente vulnerável para escoltar os bombardeiros. Sua fuga era um mergulho  para tentar chegar ao aeroporto planando. Se o avião pousasse em algum lugar próximo, poderia ser pego e levado para o aeroporto para decolar novamente e fazer muitas missões em um dia.

Infelizmente, o abastecimento dos tanques de combustível era muito perigoso e mantido um protocolo de segurança. Os tanques de combustível estavam ao lado das pernas do piloto e para entrar no avião ia montado entre eles. O combustível era chamado C-Stoff um redutor químico  (em castelhano "a substância C" consistia de metanol 57%, hidrato de hidrazina 30% e 13% de água). Além disso, o avião estava carregado com T-Stoff (peróxido de hidrogênio 80% e 20% hidroxiquinolina) que era um forte oxidante químico. Para juntar as duas substâncias, e haver uma reação de combustão. Por isso, perdeu-se mais Messerschmitt 163 em explosões durante o reabastecimento do que em operação na luta contra o inimigo.

Além disso, a queima T-Stoff em contato com muitos compostos orgânicos, tais como a pele humana, assim os pilotos eram protegidos com trajes de compostos sintéticos (ainda tem casos de pilotos completamente reduzidos a ossos depois de fugir dos fluidos em aterrissagens de emergência ou algo mais brusco).

Outro perigo deste dispositivo era o trem de pouso / decolagem , eram descartáveis. Ao decolar, a apenas 5 metros tinha que liberar as duas rodas dianteiras, se fosse feita, mais cedo ou mais tarde, havia um risco das mesmas saltar e danificar um depósito de combustivel ou as peças de madeira do avião. E ao aterrissar o I-163 tinha patins extensiveis em seu interior. Após o pouso, e baixa velocidade, uma de suas asas apoiava-se no chão (sem quebrar através de um reforço especial) a unidade foi interrompida. Os patins eram muito rigido, muitos pilotos partiam a coluna vertebral ao aterrissar  e ficavam paraliticos. Também em voo   era quase impossível abrir a cabine devido à velocidade do ar e os pilotos levavam dentro da cabine um cabo de vassoura para abrir a frente.

Do meu ponto de vista, Mano Ziegler, um dos pilotos de testes do Me 163, escreveu em seu livro "RaketenJäger Me 163" a frase mais precisa para descrever este aparato:

"Estava dez anos à frente do seu tempo, mas a tensão da guerra acelerou o processo de desenvolvimento e por este motivo, também foi o avião mais perigoso de todos os tempos. "






fonte: http://www.avionesclasicos.com/

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo