sábado, 8 de janeiro de 2011

Modificação em pólo magnético terrestre obriga aeroporto pintar pistas

No entanto, fato não é novo, vem sendo estudado e acompanhado há tempos
Deslocamento de pólo magnético. Ilustração. Crédito: Eco4u
Por Geek 

Uma mudança no eixo magnético da Terra obrigou o aeroporto de Tampa, nos Estados Unidos, a fechar sua pista para reformas. A derivação do pólo norte magnético obrigou a administração do aeroporto, que fica na Flórida, a repintar as pistas de pouso para que as informações de direção de pouso permanecessem compatíveis com o indicado pelas bússolas.

O nosso pólo magnético tem se movido a uma velocidade de mais de 60 km/ano em direção à Rússia, dizem os pesquisadores. Com isto, bússolas de todo o mundo apontam para direções levemente diferentes, alterando a leitura de instrumentos que dependam de suas medidas. Além de aviões, navios e até mesmo o aplicativos para celular, como o Google Maps e programas de astronomia podem ser afetados pelo movimento - mas nada que uma atualização não resolva.

Apesar de aviões comerciais disporem de equipamentos como GPS, que não dependem da posição exata do norte magnético, os padrões aeronáuticos ainda se baseiam na medida de bússolas convencionais. Por isto o aeroporto de Tampa será fechado e suas pistas repintadas indicando a nova direção relativa dela em relação ao pólo, informou o jornal local Tampa Bay Tribune.

[Nota da Redação UFO: Como podemos constatar abaixo e nos hiperlinks inseridos, não é nenhuma grande novidade o fato, que deteve maior atenção exatamente no mês de janeiro, mas do ano passado. Também é importante não confundir pólo norte magnético com Pólo Norte geográfico e nem Pólo Norte astronômico. Aí está a grande confusão realizada em sites e blogs de conteúdos duvidosos e fantasistas, distorcidos de conceitos científicos. Leia também sobre a conjectura de inversão dos pólos.]

Cientistas confirmam movimentação do pólo norte magnético (National Geographic, jan 2010)

O pólo norte magnético da Terra está avançando em direção à Rússia a quase 64 km por ano devido a mudanças magnéticas no núcleo do planeta, afirma nova pesquisa. O núcleo é profundo demais para que os cientistas detectem diretamente seu campo magnético, mas os pesquisadores podem inferir os movimentos acompanhando como o campo magnético terrestre muda na superfície e no espaço...
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo