sábado, 19 de fevereiro de 2011

Duas animações de alta qualidade

A primeira é Enrolados (Tangled/ EUA, 2010), dirigida por Nathan Greno e Byron Howard, que marca a volta da Disney aos desenhos animados de alta qualidade. Trata-se de uma versão do conto de fadas de Rapunzel, aqui uma adorável jovem que vive confinada por sua suposta mãe em uma torre desde criança, sem qualquer contato com o mundo exterior. Na verdade, ela é uma princesa que havia sido raptada quando bebê, e cujos pais, o rei e a rainha, inconformados, todos os anos, em seu aniversário, soltam milhares de lanternas iluminadas. Rapunzel vê o espetáculo anual, e, sem saber que é em sua homenagem, sonha em assisti-lo de perto. Ela será ajudada pelo ladrão sedutor Flynn Ryder, que, ao ser perseguido, em sua fuga acaba encontrando a torre escondida e Rapunzel, e sendo convencido por ela a auxiliá-la a realizar seu sonho em uma incursão no perigoso mundo exterior. Finalmente, a Disney volta a acertar a mão depois de diversos fracassos – a única exceção da década havia sido Encantada (2007), em que se misturava animação e personagens de carne e osso. Claro que não incluímos nessa afirmativa as excelentes animações da Pixar (como os três Toy Story), que foi adquirida recentemente pela Disney, mas que na realidade é um estúdio à parte. O padrão dos desenhos Disney foi estabelecido em 1937, com Branca de Neve e os Sete Anões, o primeiro filme do gênero: histórias calcadas em contos de fadas, com grande dose de magia, canções marcantes e heróis e vilões bem definidos. Enrolados é o 50º filme realizado pelo estúdio que criou o Mickey e Pato Donald, e à altura da marca comemorativa, pois traz todos esses ingredientes em uma história encantadora e cativante para adultos e crianças. A começar pela escolha da história, largamente conhecida. Não se segue à risca o conto de fadas, e sim dá-se a ele uma versão interessante, em que os cabelos da heroína têm certa propriedade mágica e o herói é um criminoso que se regenera. E a animação é de alta qualidade, com direito a cenas maravilhosas como as em que, de uma represa, o casal assiste ao lançamentos das milhares de lanternas luminosas. Um programa imperdível, em que só há a lamentar não ter vindo alguma cópia legendada para o público mais adulto.
 
 
Outra animação de boa qualidade ainda em exibição em nossos cinemas é As Aventuras de Sammy (Sammy's avonturen: De geheime doorgang/ Bélgica, 2010). Sammy é uma simpática tartaruga marinha, que logo ao sair do ovo se perde de seus muitos irmãozinhos, mas antes consegue salvar a vida de uma jovem fêmea. Ele se vê obrigada a enfrentar, quase sozinho, os desafios da vida, flutuando à deriva nos oceanos em uma balsa abandonada. Ao longo do tempo, encontra dois companheiros que marcam sua trajetória: o amigo Roy e Shelly, a tartaruguinha a quem havia salvo. Em sua jornada, ela testemunha as consequências do aquecimento global, assim como outras principais alterações que a presença do homem está causando no planeta. Também uma animação de alta qualidade técnica, conta com uma história bem ecológica, e que consegue prender a atenção, fazer refletir e emocionar espectadores grandes e pequenos. 
por Flavio Orsini Costa Val
Cotações: Enrolados: **** (muito bom)
As Aventuras de Sammy *** (bom)
jornalvarginhahoje
 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo