quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

O problema das finanças

imagem ilustrativa/google
Esses, pois, eram alguns dos acontecimentos que se ocultavam por trás dos esforços dos governos beligerantes para assentar as bases necessárias à neutralização do crescente custo da guerra - custo que, na Grã-Bretanha, chegava a seis e meio milhões de libras por dia. A França gastava algo menos, a Alemanha consideravelmente mais. Nem toda essa despesa podia ser coberta pelos impostos comuns, embora sérios esforços tenham sido feitos para a obtenção da maior renda possível. Os impostos sobre a renda dos britânicos subiram de 37 para 80 por cento. O imposto francês sobre a renda - de 4 para 15 por cento - parecia baixo em comparação, mas foi completado por impostos indiretos e por taxações drásticas sobre os lucros comerciais. A Alemanha aumentou um imposto já pesado em 50 por cento, e impostos indiretos sobre vários artigos em 20 por cento. Mesmo a Grã-Bretanha dificilmente poderia esperar, entretanto, obter pela taxação mais que 40 por cento de um gasto de guerra que acabaria por subir a tanto como três bilhões de libras por ano. A Alemanha teria conseguido muito se se aproximasse daquela proporção; enquanto a França, que gastaria sete e meio bilhões de dólares em 1940, teria provavelmente que obter tanto como três quartas partes daquela soma por meio de empréstimos e créditos.

Essa situação exigia uma cuidadosa administração dos recursos de crédito do país. Certo uso poderia ser feito dos empregos de capital existentes, particularmente para conseguir créditos no exterior. Todos os beligerantes tinham imposto rígidas restrições cambiais. A Alemanha, naturalmente, havia muito tinha reivindicado para o Estado todos os bens de estrangeiros. Em fevereiro, a Grã-Bretanha atribuiu uma lista de sessenta garantias americanas selecionadas. Mas a principal fonte de recursos devia ser as apropriações dos fundos disponíveis dentro do país. A flutuação favorável de um empréstimo britânico de 300.000.000 libras à taxa de três por cento mostrou a intenção de se manter o custo das apropriações o mais baixo possível; e isto foi acompanhado de medidas tendentes a evitar a alta conseqüente das inversões particulares e pela fixação a um preço mínimo das garantias governamentais. A França também se empenhou em preservar ao governo uma posição crediária favorável; e a Alemanha mostrou sinais de ampliar o já extenso controle que exercia sobre a política de inversões de indivíduos e corporações.

O fato era, naturalmente, que fora desses países - os baluartes financeiros da Europa - relativamente poucas fontes de crédito havia disponíveis. A Grã-Bretanha esperava poder fazer uso da capacidade de crédito do Canadá e dos outros Domínios, e poderiam ser obtidos créditos comerciais de vários neutros. Mas estes, à exceção dos Estados Unidos, tinham fundos limitados para poder pôr à disposição dos beligerantes; e os créditos americanos estavam barrados pela Lei da Neutralidade. Conforme Mr. Robert Hudson, Secretário do Comércio Ultramarino, resumiu o duplo problema dos suprimentos e finanças:

"Não estamos livres para concentrar todas as nossas forças na fabricação de munições, porque devemos devotar parte dos nossos recursos industriais, uma parte crescente, ao preparo de artigos que pagarão pela matéria-prima de que essas munições por sua vez possam ser fabricadas. Não podemos tomar empréstimos externos para fazer isto, como fizemos entre 1914 e 1918. Devemos pagar à vista. Esta é uma guerra de cash-and-carry".

Dificuldades orçamentárias, entretanto, não iriam, por si só, trazer o colapso a qualquer um dos beligerantes. Enquanto os seus povos continuassem a produzir, e enquanto consentissem em fazer entrega de uma parte bastante de sua produção ao Estado para fins bélicos, suas dificuldades econômicas não seriam insuperáveis. As restrições e o racionamento que tinham sido impostos o foram, na maioria dos casos, devido à necessidade da precaução, mais que em resultado de necessidades imediatas, e as necessidades absolutas da vida eram ainda satisfeitas em todos os países beligerantes. A Alemanha tinha, sem dúvida, impelido seus cidadãos para mais perto de um padrão mínimo de vida do que a Grã-Bretanha ou a França. Ao começo do ano, uma política mais suave foi adotada com respeito aos salários e horas-extras indicação de que a pressão sobre os trabalhadores era considerada como tendo ido longe demais. E quando a 15 de fevereiro Goering anunciou um aumento no preço da manteiga e do leite, ele sentiu a necessidade de acrescentar a isso um argumento de que a Alemanha tinha grande quantidade de gêneros alimentícios disponíveis, como também um apelo às donas de casa para que se mantivessem animosas.

No terreno comercial, as importações alemães dos neutros acessíveis pareciam alcançar ou mesmo ultrapassar o nível de antes da guerra, e certa quantidade de suprimentos de outros países gotejou através dos vizinhos da Alemanha. Um sinal menos prometedor foi o decréscimo das exportações, mesmo para a Europa continental. Para sanar as deficiências em ambos esses terrenos, as melhores esperanças da Alemanha repousavam no desenvolvimento de suas relações com a Rússia. Era verdade que pequeno lucro fôra obtido até então de tais relações. Mas um novo tratado comercial, a 12 de fevereiro, (esses tratados estavam se tornando ocorrenciais quase que mensais) acenava com o elevar do tráfico entre os dois países dos existentes 200 milhões de marcos para "um nível que excederia o de todos os anos decorrentes desde a Guerra Mundial" - isto é, ultrapassaria o bilhão de marcos a que chegara em 1931. E se tais esperanças fossem seriamente alimentadas, elas sem dúvida haveriam de receber considerável impulso com a conclusão da guerra russo-finlandesa.
 
 
 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo