quinta-feira, 3 de março de 2011

Sequestro de Carbono: solução ou fardo para o futuro?


Uma das idéias atualmente em uso para evitar ou diminuir os efeitos do Aquecimento Global é conhecido como Sequestro de Carbono. Basicamente, o método consiste em capturar o CO2 da atmosfera e armazená-lo em algum lugar, normalmente no subsolo. A idéia vem ganhando adeptos, mas a eficácia e consequências de longo prazo ainda não são plenamente conhecidas.
De fato, quando usado em larga escala, a utilização do sequestro de carbono pode ajudar a diminuir os efeitos do aquecimento global no futuro próximo, uma vez que as emissões de combustíveis fósseis seriam reduzidas significativamente. O problema começa quando o CO2 armazenado de várias maneiras retorna à atmosfera devido a vazamentos que o trazem novamente ao meio ambiente.

Para tentar compreender um pouco mais sobre as possíveis implicações desse método, pesquisadores ligados ao Instituto Niels Bohr, na Dinamarca, fizeram projeções de longo prazo e analisaram diversos cenários possíveis de sequestro e vazamentos de CO2. O resultado do trabalho foi publicado na última edição da revista científica Nature Geoscience e não é nada animador.

De acordo com Gary Shaffer, professor no Instituto Niels Bohr, e líder do Centro Dinamarquês para a Ciência do Sistema Terrestre, vazamentos do CO2 armazenado poderão ter grande impacto sobre o aquecimento, com aumento do nível do mar, grande consumo de oxigênio e acidificação e concentrações elevadas de CO2 no oceano.

O estudo também revela que a estocagem do gás abaixo do leito submarino é uma má escolha pois cria graves problemas para a vida em alto mar. Além disso, o CO2 armazenado desta forma retorna para a atmosfera de forma relativamente rápida, contribuindo novamente com o aquecimento global. Segundo o paper (trabalho científico), o armazenamento geológico pode ser mais eficaz em retardar o retorno do aquecimento e suas respectivas consequências, mas apenas se uma fuga de CO2 menor que 1% a cada mil anos puder ser obtida.

Um fardo para a sociedade futura
Alternativamente, pode-se conter o vazamento dos oceanos ou de reservatórios geológicos re-sequestrando o CO2, mas segundo o estudo seria muito difícil medir a taxa de fuga global que deveria ser contida através do re-sequestro. Além disso, o método teria que ser realizado ao longo de centenas ou milhares de anos, o que seria um fardo a mais a ser administrado pelas sociedades futuras, que também estaria lidando com os resíduos nucleares.

"Seqüestrar o CO2 tem muitas vantagens sobre outras formas de geo-engenharia climática", disse Shaffer. "Faz sentido modificar o equilíbrio de radiação da Terra recolocando o carbono de volta de onde veio".

Segundo o pesquisador, o CO2 atmosférico é de longa duração e distribuído globalmente de forma bastante uniforme, o que torna possível mantê-lo sobre controle, o que reduzi os riscos de surpresas climáticas desagradáveis. Entretanto, o professor alerta que não se deve subestimar a potenciais problemas de curto e longo prazo causados pelo vazamento dos reservatórios subterrâneos. "Depois de vazado, o carbono em forma mais leve vai procurar seu caminho para fora da terra ou do leito do mar. No entender de Shaffer, a atual situação no Golfo do México é uma típica lembrança dessa condição"

Shaffer conclui que "os perigos do seqüestro de carbono são reais e o desenvolvimento desta técnica não deve ser usado como argumento para a manutenção dos atuais níveis de emissão de combustíveis fósseis. Ao contrário, devemos limitar grandemente as emissões de CO2 agora, evitando ter que sequestrar o carbono de forma maciça, reduzindo as conseqüências indesejáveis e os cargos que essa técnica trará ao longo de muitas gerações futuras.

Leia também: Austrália inova e armazenará CO2 no subsolo 
Artes: No topo, ilustração mostra o método de armazenamento geológico do CO2 empregado em uma usina na Austrália. O projeto ainda em fase de construção na região oeste do Estado de Victoria e prevê o armazenamento de milhares de toneladas do gás a dois quilômetros abaixo do solo. 

Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:
Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com.meio_ambiente.php?posic=dat_20100628-084840.inc
 
Apolo11.com - Todos os direitos reservados

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo