quinta-feira, 28 de abril de 2011

70 livros de metal encontrados em caverna na Jordânia

David Elkington/Rex Features
Por BBC News - Tradução: Passado Vivo - Adaptação: Paulo Poian 
Seria o maior achado, depois dos Manuscritos do Mar Morto?
Para os estudiosos da fé, cultura e da história, seria um tesouro precioso demais. Uma antiga coleção de 70 livros pequenos, com páginas de chumbo amarrados por arame, pode desvendar alguns dos segredos dos primórdios do cristianismo.
 
Os acadêmicos estão divididos quanto à sua autenticidade, mas dizem que se verificou serem tão fundamentais quanto a descoberta dos Manuscritos do Mar Morto, em 1947.

Nas páginas, não muito maiores que um cartão de crédito, há imagens, símbolos e palavras que parecem se referir ao Messias (Jesus Cristo) e, possivelmente, até mesmo a crucificação e ressurreição. Somando-se à intriga, muitos deles estão selados, levando alguns acadêmicos a especular se não são a coleção perdida de códices mencionados no livro bíblico do Apocalipse.

Os livros foram descobertos há cinco anos numa caverna numa parte remota do Jordão, uma região conhecida como o lugar que os cristão se refugiaram após a queda de Jerusalém em 70 d.C. Documentos importantes do mesmo período já foram encontrados lá. Testes iniciais de metalurgia indicam que alguns poderiam datar do primeiro século d.C. Esta estimativa é baseada na forma de corrosão que tem acontecido, o que especialistas acreditam ser impossível conseguir artificialmente. Se a datação for confirmada, a coleção estaria entre os primeiros documentos cristãos, antecedendo aos escritos de São Paulo.

Dra Margaret Barker, ex-presidente da Sociedade de Estudos do Velho Testamento, confirmou que "o Apocalipse fala de um livro selado que se abria somente pelo Messias. Outros textos da época falam de livros selados de sabedoria e de uma tradição secreta transmitida por Jesus aos seus discípulos mais próximos. Esse é o contexto para essa descoberta", comentou. "Assim que eu vi isso, fiquei estarrecida", disse ela. "Me pareceu obviamente uma imagem cristã. Há uma cruz em primeiro plano e, por trás dela, parece ser o túmulo (de Jesus), um pequeno edifício com uma abertura e atrás as paredes da cidade", discorreu Margaret. "Há paredes retratadas também em outras páginas desses livros e certamente se referem a Jerusalém. É uma crucificação cristã que tem lugar fora dos muros da cidade", completou.

A perspectiva de que possam conter relatos contemporâneos dos últimos anos da vida de Jesus tem animado os estudiosos - apesar do entusiasmo estar temperado pelo fato de que peritos já foram enganados por falsificações sofisticadas. David Elkington, um pesquisador britânico da história religiosa antiga e arqueologia, um dos poucos a ter examinado os livros, disse que eles poderiam ser "a grande descoberta da história cristã. É um pensamento de tirar o fôlego, que esses objetos poderiam ter sido guardados pelos santos nos primórdios da Igreja", disse ele...
 
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo