sábado, 9 de abril de 2011

Especialista da MUFON caracteriza UFO de Jerusalém como uma farsa

Crédito: EliGael
Por Paulo R. Poian
Todo excesso acaba fazendo algum mal e exageraram com a 'nave' desta vez.
Texto de UFO Briefcase - Tradução e adaptação: Paulo Poian
O suposto incidente ufológico de Jerusalém continua criando polêmica com novos vídeos virais sendo lançados cotidianamente. O mais recente, postado no dia 26 de março, chamado também como "sexto vídeo" [Assista-o clicando aqui], apresenta cenas próximas e com clareza sem paralelos - o Santo Graal da Ufologia. Ou não?

Em nossa investigação deste caso particular, pedimos ao pesquisador Marc Dantonio, respeitado analista-chefe da Mutual UFO Network (MUFON), para assistir e comentar sobre a possibilidade de sua autenticidade. Dantonio disse que depois de analisar o sexto vídeo de Jerusalém percebeu fortemente que é, na sua opinião, um trote [Hoax], chamado também por fake [Falsificação]. Ele descreveu o vídeo como "gerado por computador" e, portanto, serviria como a principal determinação contra a veracidade deste conteúdo em particular. Ele afirmou: "Acredito firmemente que o UFO não era real".

Segundo o analista da MUFON, quando se cria uma farsa para passar como um incidente real, tende-se a deixar para trás alguns sinais, que resumiu sob três características fundamentais:

• Utilização de Lens Flare [reflexos] com luzes brilhantes;
• Fazer olhar como foco o seu curso (do obejto) e não os detalhes gerais;
• Passar o objeto atrás de outro objeto para reforçar a autenticidade.

Dantonio ainda considerou que o criador do vídeo fabricou uma árvore em primeiro plano para passar o UFO por trás, ao mesmo tempo experimentando com Lens Flare e profundidade de campo. "Colocar uma árvore esparsa através da qual o UFO voa é um truque clássico de acrescentar alguma realidade", disse. Ele também compartilhou os detalhes numa produção para a National Geographic, onde anima alguns UFOs no céu antes de desaparecerem no mato e podem ser vistos voando atrás das árvores à distância. Ao comparar as imagens com as do UFO de Jerusalém, considerou uma tentativa de amador, dado que o trabalho de mascaramento, fundamental, era fácil de identificar.

Ao comparar o vídeo com os outros postados por Eligael, Dantonio comentou que no clipe original o UFO desce e paira, onde logo se observa a "explosão de energia", antes da disparada do objeto para cima em grande velocidade. No último (o sexto vídeo), apontou que essa seqüência não é coerente com as imagens originais. Dada a intensidade da luz, afirmou que "a clareza alcançada com este sexto filme não é possível, os efeitos especiais (brilho da lente e profundidade de campo) foram provavelmente criados usando um programa como, por exemplo, o Adobe After Effects".

A sexta filmagem foi amplamente considerada "muito boa para ser verdade", incluindo o testemunho original de Eligael, que afirmou ainda não saber da sua autenticidade. Alguns dos não tão óbvios sinais de farsa, segundo Dantonio, são os ruídos de fundo. Uma área identificada inclui o silenciamento da voz das pessoas. Também se referiu especificamente ao som da fala individual durante as filmagens e explicou que em sua opinião de especialista, o indivíduo está dentro de um edifício ou local fechado enfim, porque a voz era silenciada pelo chão, paredes e teto. Ele explicou ainda que "ouvindo atentamente fui capaz de identificar um outro barulho que sugere que o som não foi registrado em ambiente aberto, mas sim provavelmente na frente de um PC. Especificamente, o som de pelo menos uma ventoinha de computador foi detectada".

Conjunto da "obra"

Ao comentar sobre o conjunto de vídeos do UFO de Jerusalém, afirmou: "Por muitas razões técnicas além das que tenho até agora partilhado, este vídeo e os outros, anteriores, estão categorizadamente na lista de hoaxes. É minha opinião". Ele disse ainda que "os dois vídeos originais do evento (1 e 2), ambos são muito diferentes um do outro e cada um dá o embuste em comparação com o seguinte e os demais".

Finalmente, Dantonio definiu que "se o evento em Jerusalém tivesse ocorrido, pela magnitude teríamos muitas outras testemunhas na cidade, que teriam vindo a público relatando a aparição, confirmando e comentando o fato". Quando questionado sobre a possível despesa financeira associada a esta produção fraudada, ele declarou que atualmente não é necessário comprar grandes e caros softwares para criar os efeitos especiais como nestes vídeos, esclareceu também que qualquer pessoa adquire até gratuitamente estes programas. "Hoje em dia, até mesmo as crianças criam facilmente vídeos para o Youtube, com UFOs animados, robôs, carros e aviões, por exemplo. É por isso que o nosso trabalho na MUFON é tão difícil, porque agora esses tipos de recursos estão disponíveis a qualquer cidadão com o mínimo esforço", conseguindo resultados como o sexto vídeo do UFO de Jerusalém.

Dantonio vai detalhar a sua avaliação em breve e estaremos acompanhando seu trabalho e de outros pesquisadores, que na grande maioria descartam qualquer autenticidade ao suposto acontecimento. Se levarmos em consideração - exemplificando com um caso recente brasileiro - como foi realizada a montagem da propaganda viral na rodovia Marechal Rondom (UFO de Agudos), certamente teremos uma nítida noção do que ocorre com o caso de Jerusalém.
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo