quarta-feira, 20 de abril de 2011

Medicamentos proibidos

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informa que:

De acordo com as notificações nº 247/2011 e 248/2011, da Gerência Colegiada da Superintendência de Vigilância Sanitária, publicadas no diário oficial “Minas Gerais” desta terça-feira (19) (em anexo), estão proibidas, por medida cautelar, a produção e a comercialização dos seguintes medicamentos em todas as suas formas farmacêuticas, produzidos pela empresa Hipolabor Farmacêutica Ltda.

Medicamentos proibidos de acordo com a notificação nº 247/2011:


Carbonato de Lítio
Citrato de Fentanila
Cloridrato de Naloxona
Clonazepam
Cloridrato de Fluoxetina
Cloridrato de Tramadol
Cloridrato de Midazolam
Diazepam
Fenitoína Sódica
Valproato de sódio em todas as suas concentrações e apresentações

Medicamentos proibidos de acordo com a notificação nº 248/2011:


Cloridrato de lidocaína 2%
Cloridrato de metoclopramida
Dipirona sódica
Maleato de enalapril
Sulfato de amicacina em todas as suas concentrações e apresentações.

A notificação nº 247/2011 considera o risco sanitário de armazenar e distribuir produtos sujeitos ao controle especial sem autorização do órgão sanitário competente e as informações técnicas contidas no MEMO nº 349/2011 COAFE/GIMED/GGIMP/ANVISA, de 13 de abril de 2011. Já a notificação nº 248/2011, lista os medicamentos proibidos de acordo com laudos de análises pré-existentes emitidos por Laboratório Oficial.

Essa interdição cautelar vale por um período de até 90 (noventa) dias, de acordo com a legislação vigente. No período em que durar a referida interdição, a SES-MG orienta aos pacientes que fazem uso desses medicamentos a procurarem orientação médica para substituição dos mesmos.

Desde ontem, segunda-feira (18/04), a Vigilância Sanitária Estadual (VISA) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) estão realizando inspeção na Unidade I (CNPJ: 19570720/0001-10), localizada na Rod. BR 262, Km 12,3 - Bairro Borges, em Sabará/MG, com o objetivo de avaliar o sistema de qualidade da empresa. A inspeção será finalizada assim que a equipe técnica concluir sobre a efetividade ou não do sistema de qualidade da Empresa, ainda sem prazo para término. Sendo comprovado algum problema, outros medicamentos poderão ter a comercialização suspendida.
jornalvarginhahoje

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo