segunda-feira, 9 de maio de 2011

Observando uma explosão nuclear no espaço

Por Eduardo Arcos

 Durante o ano de 1962, os Estados Unidos realizaram uma série de testes nucleares a grandes altitudes, o programa foi chamado de Operation Fishbowl. . Das quatro tentativas de detonar, só uma delas funcionou, a Starfish Prime , a 09 de julho de 1962, que foi lançada de Johnston Atoll .




A explosão ocorreu em uma altitude de 400 quilômetros, o foguete Thor que levou a ogiva nuclear chegou a 1.100 milhas acima, a explosão foi provocada, na verdade, na queda do foguete.
 
 
A principal conseqüência da explosão nuclear no espaço foi a geração de um pulso eletromagnético muito maior do que o esperado, quebrou e desajustou, os instrumentos de medição, causando grande dificuldade em obter leituras precisas. 
 
O pulso também causou danos no Havaí, a 1.445 milhas de distância, apagando 300 postes de luz, prejudicando os sistemas de telefone e ativando alarmes. Os seguinte satélites pararam de funcionar no mês seguinte pós a detonação: Ariel, Traac, Transit 4B, Injun I, Telstar I dos EUA Cosmos V da União Soviética .. Há evidências de que os satélites Explorer 14, 15 e Relay Explorer 1 foram afetados pela explosão.

A foto que acompanha este artigo, é uma foto tirada da explosão da Starfish Prime a partir do espaço como parte de uma série de imagens de bombas atômicas compilados pelo The Atlantic .
 
 
alt1040

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo