quarta-feira, 18 de maio de 2011

Uma chuva de granizo mortal no Himalaya

 
Foi no século IX, quando um grupo de artesãos atravessavam caminhos inexplorados ao sul do Himalaya ( hoje pertence à Índia) em busca de novos lugares para o comércio. Para explorar essas rotas tinham procurado a ajuda dos moradores de vilas próximas. 
 
 
De repente, quando estavam a mais de 5.029 metros de altitude acima do nível do mar, caiu uma tempestade de granizo, foram atingidos por granizo do tamanho de bolas de tênis. Logo todos estavam mortos, e seus corpos sendo esquecidos por mais de 1.000 anos.
 
 Roopkund, Lago dos esqueletos
 
Em 1942, um guarda de um parque nesta área do Himalaia, após quatro dias de viagem chegou por acaso em um lago congelado onde encontrou uma grande quantidade de ossos empilhados. Esta descoberta foi imediatamente objeto de estudo, sendo as primeiras conclusões que os ossos datavam entre os séculos XII e XV, e, possivelmente teriam morrido de uma epidemia ou uma avalanche.
 
Outros foram mais longe mistificando as mortes e criando estranhas lendas. Talvez a mais assustadora de todas era que ,todos os corpos que ali estavam, na verdade correspondia a grupos de peregrinos que durante anos chegavam ao local para cometer um ritual de suicídio.
 
 Caveiras junto ao lago dos esqueletos

Em 2004, a verdade finalmente foi esclarecida por um grupo de cientistas europeus e indianos, enviados pela National Geographic para encontrar evidências e explicar os fatos. Entre as principais achados deste grupo de cientistas, incluem algumas jóias que estavam nos corpos no momento da sua morte, e as roupas ainda intactas em alguns dos cadáveres. Mas, acima de todos os achados dos cientistas, estava a verdade.

Através da análise de DNA, os cientistas mostraram que os corpos pertenciam a dois grupos diferentes de pessoas. Aqueles com menor altura e de outros significativamente maior, levou-os à conclusão de que, possivelmente, o primeiro grupo seriam os artistas, enquanto o segundo grupo seria composto por um grupo de conhecedores das rotas locais.

A nova datação dos ossos revelou que, na verdade todos eles haviam morrido no mesmo dia por volta do século IX. Uma análise mais ampla dos organismos revelou grandes fraturas em muitos dos crânios, todos causados por objetos do tamanho similar a uma bola de tênis, o que levou os cientistas a concluirem que na verdade foi uma tempestade de granizo mais súbita e fatais da história, causando entre 300 e 600 mortes.
 
 O homem à beira do lago dos esqueletos
Hoje, esse local é conhecido como o Lago dos esqueletos e fica perto da geleira Roopkund. Apesar de todas as análises científicas dos fatos, continua sendo um lugar onde muitas pessoas deixam suas imaginações fluirem inventando teorias bizarras sobre a origem de todos os ossos, e que apesar de não alcançar o volume ósseo das Catacumbas de Paris , que seria o local indicado para isso.

Fontes e mais informações:

- Roopkund The Mysterious Skeleton Lake
- Giant hail killed more than 200 in Himalayas
- Roopkund – The Mystery of the Skeleton Lake



recuerdosdepandora

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo