segunda-feira, 27 de junho de 2011

'Contato com ETs ocorrerá em 20 anos', afirma pesquisador russo

Por Voz da Rússia/Terra 
Academia de Ciências da nação inicia evento sobre o assunto
Aguardando pelo contato. Crédito: Dnb Noise
"Os cientistas russos esperam encontrar civilizações extraterrestres dentro de 20 anos", declarou o diretor do Instituto de Astronomia Aplicada da Academia de Ciências da Rússia, Andrei Finkelstein, durante a coletiva de imprensa em São Petersburgo nesta segunda-feira.

Segundo ele, citado pela agência Interfax, o mais provável é que sejam seres humanóides. "Eles podem ter uma cor de pele diferente, mas isso nós mesmos temos", discorreu. Hoje (27) acaba de ser iniciado o simpósio internacional "Procura de Civilizações Extraterrestres".

"A gênese de vida é tão inevitável como a formação de átomos... A vida existe em outros planetas e vamos encontrá-la dentro de 20 anos", disse Finkelstein. Comentou ainda que 10% dos planetas conhecidos orbitando ao redor de estrelas parecem a Terra. "Se for encontrada água, então também pode ser encontrada a vida", acrescentou.O instituto de Finkelstein é responsável por um programa lançado nos anos 1960, no auge da corrida espacial da Guerra Fria, para observar e emitir sinais de rádio ao espaço. "O tempo inteiro ficamos buscando por civilizações extraterrestres. Basicamente esperamos por mensagens do espaço e não de outro lado", comentou.
 
 
 
agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo