sexta-feira, 29 de julho de 2011

Cauda de poeira da Terra fornece pistas sobre planetas alienígenas

Por Dauna Coulter/Science/Inovação Tecnológica 
Temos uma cauda de poeira
Imagem da poeira ao redor da estrela Beta Pictoris, fotografada pelo telescópio Hubble. Crédito: D.Golimowski/NASA/ESA
O telescópio espacial Spitzer navegou através dela há alguns meses, dando pela primeira vez aos pesquisadores uma idéia clara de como é essa cauda. 
 
 
As informações poderão ser de grande ajuda para os caçadores de planetas, que tentam rastrear mundos alienígenas. "Os planetas em sistemas solares distantes provavelmente têm caudas de poeira semelhantes", disse Mike Werner, da equipe do Spitzer. "E, em algumas circunstâncias, as características dessa poeira poderão ser mais fáceis de ver do que os próprios planetas. Então, precisamos saber como reconhecê-las".

É extremamente desafiador - e, geralmente, impossível - fotografar exoplanetas diretamente. Eles são relativamente pequenos e muito apagados, escondendo-se no brilho das estrelas que orbitam. "Uma cauda de poeira como a da Terra poderia produzir um sinal maior do que o próprio exoplaneta. E isso poderia alertar os pesquisadores para um planeta pequeno demais para ser encontrado por outras técnicas", afirmou.

Cauda de poeira da Terra - A Terra tem uma cauda de poeira não porque o próprio planeta seja particularmente empoeirado, mas sim porque todo o Sistema Solar é. O espaço interplanetário está repleto de fragmentos de poeira de cometas e asteróides que colidiram. Quando a Terra orbita através desse ambiente empoeirado, forma-se uma espécie de cauda atrás do nosso planeta, de forma parecida com o que ocorre com folhas caídas na rua durante a passagem de um carro.

"Conforme a Terra orbita o Sol, ela cria uma espécie de concha, uma depressão, dentro da qual as partículas de poeira caem, criando um espessamento da poeira - a cauda - que a Terra puxa atrás de si pela ação da gravidade", explicou Werner. "Na verdade, a cauda acompanha nosso planeta em todo o seu caminho em torno do Sol, formando um grande anel empoeirado"...
Leia matéria completa
 
 Agradecimentos a:

Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil
 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo