quarta-feira, 13 de julho de 2011

Fenômeno conhecido por Manhattanhenge ocorre nesta quarta-feira em Nova Iorque

Por AFP/Terra 
Uma das várias fotos do fenômeno. Crédito: streitenberger
Com o curioso nome de "Manhattanhenge", ocorre duas vezes por ano no verão do hemisfério norte e, neste dia 13 de julho, fará os nova-iorquinos saírem de casa munidos com suas máquinas fotográficas para registrar o momento em que o Sol se alinhará ao entardecer com as ruas pares da Big Apple [Apelido da cidade de Nova Iorque], oferecendo um mágico espetáculo que atravessa a cidade de oeste a leste.

"Pode ser um fenômeno urbano único no mundo", afirmou o astrofísico Neil DeGrasse Tyson, do Museu Americano de História Natural e descobridor desta curiosidade astronômico-urbanística. O nome Manhattanhenge vem da combinação das palavras Manhattan e Stonehenge, o monumento do sul da Inglaterra composto por grandes blocos de pedras colocadas em circunferências concêntricas.

No Stonehenge, o Sol atravessa o eixo da construção durante os solstícios de verão e de inverno, o que levou ao desenvolvimento de várias hipóteses sobre a sua finalidade, entre elas a de servir de observatório astronômico. No caso de Manhattan, nos EUA, o fenômeno ocorre antes e depois dos solstícios ao entardecer. Antes de se pôr, o astro se alinha às ruas pares que correm de leste a oeste e seguem o plano de urbanização da cidade de 1811.

"Quando tinha 15 anos, visitei Stonehenge na Inglaterra e investiguei outro monumento megalítico menos conhecido nas ilhas britânicas. Estava, de certa forma, instigado pelo poder emocional que podem ter os alinhamentos terrestres com o Sol numa civilização", lembrou DeGrasse Tyson numa entrevista à AFP. "Qualquer cidade com um traçado retangular pode determinar os dias em que o Sol se alinha com suas ruas no entardecer. No entanto, há poucas cidades no mundo que sejam assim", explicou.

O astrofísico pensou pela primeira vez no Manhattanhenge em 1996, mas só fotografou o fenômeno cinco anos depois, em julho de 2001. Essa imagem e outras foram publicadas em 2002 numa edição especial da Natural History Magazine chamada City of Stars [Cidade das Estrelas], lembrou ao relatar como o tema começou a se popularizar...
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo