terça-feira, 6 de setembro de 2011

Análise indica que cratera marciana já foi um lago

Por SRZD 
Ligamentos de água e sedimentos foram identificados
Delta argiloso em relevo invertido observado em 13 de novembro de 2003 pela sonda Mars Global Surveyor (MGS) da NASA, a sul da cratera Eberswalde. A região é chamada por Delta do Eberswalde. Crédito: Michael C. Malin e Ken Edgett/NASA

A sonda Mars Express, da Agência Espacial Européia (ESA), identificou em Marte uma cratera que pode ter sido um lago no passado. A depressão, de uma área batizada de Eberswalde, ao sul do planeta, tem 65 km de diâmetro.




A comprovação foi feita quando os cientistas conseguiram encontrar nela uma formação em leque com vários ligamentos de água e sedimentos. A criação da cratera deu-se quando um asteróide se chocou contra a superfície do planeta vermelho há 3,7 bilhões de anos. Mas após sua constituição, outra colisão envolvendo um outro corpo celeste teria causado o aterramento da cratera menor.

Um robô representando a missão Mars Exploration Rovers, da Agência Espacial Norte-Americana (NASA), seria enviado para explorar as duas crateras, porém uma outra identificada como Gale chamou mais a atenção dos cientistas, fazendo com que as demais perdessem o posto para serem estudadas. A missão irá procurar ambientes atuais ou até mesmo antigos que possam ser habitados...

 Leia matéria completa
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo