sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Avistamentos de UFOs teriam aumentado 67% nos últimos anos

Por Lee Speigel/The Huffington Post - Tradução: OVNI Hoje 
MUFON diz que as pessoas estão relatando mais do que nunca a presença alienígena na Terra
John Callahan, uma das principais testemunhas de ações de acobertamento. Crédito: History Channel




O The Huffington Post apresentou nesta semana uma reportagem na qual retrata, entre outros fatos interessantíssimos, que a maior organização mundial de pesquisa sobre UFOs, a Mutual UFO Network (MUFON), declarou recentemente que, mais do que nunca, estão recebendo casos ufológicos, a maioria desses avistamentos nos EUA e no Canadá.

"No último ano, tivemos uma média de 500 relatos de avistamentos por mês, comparado com 300 há três anos", disse Clifford Clift, diretor internacional da MUFON. "E eu recebo semanalmente o telefonema de uma ou duas companhias de produções, querendo usar as histórias sobre UFOs".

Até a semana passada, luzes misteriosas em Laredo e Kansas City, nos EUA, eram consideradas como a exata definição de objetos voadores vão identificados. Mas, é claro, isso não significa que não poderá haver outras explicações para estes casos. Em geral se diz que 95% de todos os avistamentos são facilmente explicáveis. Alguns não são nada mais do que aeronaves convencionais, satélites ou até mesmo balões meteorológicos, sem contar com as fotos e filmes forjados.

No caso do avistamento de Kansas City, os UFOs eram a equipe de pára-quedistas do exército dos EUA, praticando seus saltos à noite. Mas a luz que piscava sobre Laredo ainda é inconclusiva. Contudo, os restantes 5% de todos os relatos de não são facilmente explicados. E muitos deles são reportados por pilotos comerciais e militares. Alguns destes casos foram examinados no novo documentário do History Channel Secret Access: UFOs On The Record [Acesso Secreto: UFOs em Registro], que foi ao ar na semana passada nos EUA.

"Há também o excelente caso na América do Sul, onde num vôo comercial noturno sobre a Cordilheira dos Andes todas as pessoas de um lado do avião avistaram um objeto luminoso que estava se aproximando na mesma altitude", disse Richard Haines [Entrevistado da edição UFO 168, veja UFOs causam preocupação imediata à aviação civil e militar de todo o mundo], ex-cientista da NASA e presidente da National Aviation Reporting Center on Anomalous Phenomena [Central Nacional para a Informação de Fenômenos Anômalos, NARCAP]. "Quando mais próximo ele ficava, mais fracas ficavam as luzes da cabine da aeronave comercial. Bem, isto é um interessante efeito eletromagnético".

"A ciência não deveria temer"

Haines já foi um cético do Fenômeno UFO, até que começou a escutar narrações de pilotos comercias que compartilhavam suas experiências com ele. Finalmente, criou a NARCAP, que serve como um canal confidencial para relatos de pilotos, tripulações e controladores aéreos, que de outra forma teriam receio de se manifestar. "Estou tentando ser um cientista consciencioso e deixar as coisas tomarem seus devidos rumos, mas imediatamente encontrei um alto nível de preconceito e medo justamente por parte de pessoas que não devem ter receio. A ciência não deveria temer", disse Haines.

Haines e colegas da NARCAP preferem usar o termo...

 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil
 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo