sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Revelada nova anatomia em torno de Buraco Negro

Imagem da galáxia ativa Markarian 509
registrada pelo telescópio espacial Hubble. 
A frota de naves espaciais da Agência Espacial Europeia (ESA,na sigla em inglês) conseguiu obter detalhes sem precedentes perto de um buraco negro supermassivo. Eles revelam enorme 'balas' de gás sendo impulsionadas longe do "monstro gravitacional". O buraco negro que a equipe escolheu para estudar está no coração da galáxia Markarian 509, 500 milhões de anos-luz no espaço. Este buraco negro é enorme, contendo 300 milhões de vezes a massa do Sol e que a cada dia se torna mais maciço.

A Markarian 509 foi escolhida porque ela é conhecida por variar em brilho, o que indica que o fluxo de matéria para o buraco negro é turbulento.

O buraco negro foi monitorado por 100 dias. "(A nave) XMM-Newton realmente conseguiu essas observações porque tem uma cobertura de raios-X de largura, bem como uma câmera de vigilância óptica", afirma Jelle Kaastra, do Instituto de Pesquisas Espaciais da Holanda, que coordenou uma equipe internacional de 26 astrônomos de 21 institutos em quatro continentes.

As observações mostraram que a saída consiste de "balas gigantes" a milhões de quilômetros por hora. As balas são arrancados de um reservatório de gás empoeirado e depois caem no buraco negro. A surpresa é que o reservatório está situado a mais de 15 anos-luz de distância do buraco negro. Esta distância é ainda maior do que alguns astrônomos pensavam que era possível, tendo em vista os ventos que se originam.


A detecção

Junto com as naves XMM-Newton e Integral, da ESA, os astrônomos usaram os telescópios espaciais Hubble e Chandra, da Nasa (a agência espacial americana), além de outros instrumentos que proporcionaram informações sobre a cobertura do buraco negro não conhecida antes.

"Os resultados sublinham a importância de observações a longo prazo e campanhas de monitorização, que estão a ganhar uma compreensão mais profunda da variável de objetos astrofísicos. XMM-Newton fez todas as mudanças organizacionais necessárias para realizar tais observações, e agora o esforço está valendo a pena", diz Norbert Schartel , cientista do projeto da XMM-Newton.


Buracos negros

Os buracos negros são objetos tão densos que a força da gravidade que geram não deixa escapar nada, nem sequer a luz, e engolem tanto matéria, visível ou escura, que cai em seu campo de ação. Alguns podem ter um tamanho "estelar" e se supõe que procedem da explosão de uma estrela gigante, uma supernova, mas outros têm um tamanho equivalente ao de bilhões de sóis e se denominam "supermassivos".



Terra
jornalvarginhahoje

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo