domingo, 11 de setembro de 2011

UFO flagrado em Portugal continua um mistério após 21 anos

Por DN/Lusa 
Centenas de pessoas testemunharam o fenômeno em Alfena
Página 07 do jornal O Incrível do dia 08 de novembro de 2000. Crédito: gppovnis
Um UFO observado em Portugal na localidade de Alfena, Valongo, no ano de 1990, continua sem explicação conclusiva, disse a agência Lusa o professor de astrobiologia na universidade norte-americana do Texas em Austin, Carlos Oliveira. 
 
 
 
O especialista salientou que quatro fotografias do objeto, captadas por um fotógrafo amador, foram enviadas para a Agência Espacial Norte-Americana (NASA) e para a Kodak, sendo consideradas como verdadeiras.

"Não foram feitas em computador, o objeto parece ser real e a perspectiva também parece fidedigna. Ou seja, as fotos não são falsas e o objeto estava lá", afirmou, realçando que até agora não foi encontrada explicação para o fato. O UFO foi fotografado em Alfena na manhã de 10 de setembro de 1990, tinha forma esférica e cinco apêndices que se assemelhavam a patas. Testemunhas ouvidas por investigadores e jornalistas afirmaram que o mesmo foi visto durante cerca de 50 minutos, primeiro por um grupo de crianças e a seguir por várias outras pessoas, imóvel e também em movimento. Algumas fugiram, com medo do que pudesse acontecer caso o objeto aterrasse ou caísse.

Investigações feitas pela NASA, por um centro francês especializado em investigação em reentradas na atmosfera, pelo então Laboratório Nacional de Engenharia e Tecnologia Industrial (LNETI) e pelo Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência (CTEG) da Universidade Fernando Pessoa concluíram que o objeto fotografado em Alfena não tinha qualquer semelhança com artefatos conhecidos, balões ou sondas.

"Existem centenas de testemunhas que viram o UFO, em várias cidades e vilas. Quando ele se afastou de Alfena, passou por várias localidades. A existência de tantas testemunhas, sem contato umas com as outras e relatando o mesmo fenômeno, prova a existência dele", referiu Oliveira.

Mário Neves Silva, investigador do Portuguese UFO Investigation (Pufoi) e do CTEG, confirmou que, até hoje, não foi possível conhecer a gênese do fenômeno aéreo não identificado de Alfena, "apesar de todas as tentativas de enquadrá-lo em qualquer um dos fenômenos naturais ou artificiais conhecidos".

Artefato inexplicável

"Os negativos das fotos foram estudados em vários centros especializados (Porto, Lisboa, Espanha, França, Alemanha e Estados Unidos), tendo as conclusões ditadas, de uma forma inequívoca, a veracidade das mesmas, bem como a estranheza do fenômeno apresentado", sublinhou...

 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo