quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Construção de base em cavernas na Lua é estudada por russos

Por Reuters/G1 
Primeira colônia lunar poderia ser criada em 2030, servindo de apoio a missões à Marte
Abertura de caverna na região lunar de Mare Ingenii. Crédito: NASA/Goddard
Os Estados Unidos podem ter colocado o primeiro homem na Lua, mas cientistas e exploradores espaciais russos estão agora de olho em um novo objetivo: 


a criação de uma colônia por lá. A descoberta de túneis vulcânicos em nosso satélite poderia fornecer um abrigo natural para a primeira colônia lunar, disseram cosmonautas e cientistas nesta terça-feira (18).

Pesquisadores já suspeitavam que o passado vulcânico da Lua deixou uma rede subterrânea de túneis de lava, e imagens de 2008 da sonda japonesa Kaguya mostraram um caminho possível - um misterioso e profundo buraco surgindo na superfície [Veja Sondas espaciais revelam cavernas profundas sob a Lua].

"Esta nova descoberta de que a Lua pode ser um corpo poroso pode alterar significativamente a nossa abordagem de fundar bases lunares", afirmou o cosmonauta veterano Sergei Krikalyov, que dirige o centro de treinamento russo Cidade da Estrela, nos arredores de Moscou, durante um fórum sobre o futuro dos vôos espaciais tripulados. "Se realmente for confirmado que há uma série de cavernas lunares que podem fornecer alguma proteção contra a radiação e chuvas de meteoros, ela poderia ser um destino ainda mais interessante do que se pensava", disse ele.

Uma imagem de tendas infláveis pontilhando a paisagem lunar ajudou os participantes do fórum a imaginar as bases lunares. "Não haveria qualquer necessidade de escavar o solo e construir paredes e tetos", disse Krikalyov. "Seria o suficiente usar um módulo inflável com uma casca dura exterior, falando a grosso modo, para vedar as cavernas".

"A primeira dessas colônias lunares poderia ser construída em 2030", estimou Boris Kryuchkov, chefe-adjunto de ciências no centro de treinamento. Como as agências espaciais do mundo debatem para onde voar além da órbita inferior da Terra, incluindo missões no espaço para asteróides e Marte, o chefe de programas de vôos espaciais tripulados da Agência Espacial Européia (ESA) disse que a Lua também parecia atraente. "Na ESA, ainda há um foco muito forte na Lua. Poderia ser um primeiro passo natural lá", disse Martin Zell à Reuters...

 
 
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo