sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Poeira lunar foi confiscada pela NASA das mãos de idosa

Por AP/G1 
Agência afirma que ela estava com propriedade roubada do governo
Grão de poeira lunar (na cor cinza) teve sua autenticidade confirmada pela NASA. Com quem a senhora Joann Davis teria conseguido a amostra? Crédito: AP Photo/U.S. District Court for the Central District of California






Uma avó estadunidense de 74 anos acusa a Agência Espacial Norte-Americana (NASA) de brutalidade cinco meses após ter sido abordada por agentes federais ao tentar vender um grão de poeira lunar (menor que um grão de arroz) por 1,7 milhão de dólares, informou a agência de notícias Associated Press.

Joann Davis afirmou que o souvenir lunar foi um presente dado pelo primeiro homem na Lua, Neil Armstrong, ao seu marido, que trabalhava no setor aeroespacial durante os anos 70. Ela argumentou que queria o dinheiro para cuidar de seu filho, que tem problemas de saúde.

O governo norte-americano considera qualquer material lunar propriedade federal, que não pode ser vendido para fins lucrativos. Armstrong, por sua vez, afirmou nunca ter dado ou vendido qualquer material lunar a qualquer pessoa.

A senhora tentou vender o grão lunar para a própria NASA. Em maio, enviou um e-mail para agência perguntando onde ela poderia vender o item porque não estava tendo sorte procurando um comprador pela Internet. Após conversas, ela concordou em fazer a venda pela quantia de 1,7 milhão de dólares.

O encontro foi marcado em um restaurante e assim que ela entregou o grão de poeira foi surpreendida pela entrada de policiais armados, que a levaram para ser interrogada no estacionamento. Ela afirmou ter ficado tão assustada que perdeu controle de sua bexiga e disse ter ficado com hematomas causados pelos agentes federais. Joann foi liberada e nenhuma acusação formal foi feita. O grão de poeira lunar foi confiscado.

As autoridades americanas afirmaram que ela tinha posse de propriedade do governo roubada e a mesma sabia que o que estava fazendo era errado, e teria dito que queria vender o material no mercado negro. Ainda teria ficado irritada quando a NASA informou que era proibido fazer a venda do material.
 
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo