sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Governo da Alemanha é obrigado a apresentar seus arquivos ufológicos

Por Grenz/Wissenschaft-Aktuell - Tradução: Paulo Poian 
Decisão do tribunal: Parlamento alemão deve dar acesso aos relatórios secretos sobre UFOs
Robert Fleischer [E], da Exopolitic Alemanha, com Frank Reitemeyer, o requerente dos documentos que desencadeou esta reviravolta no governo de seu país. Crédito: Exopolitik Germany



O Tribunal Administrativo de Berlim decidiu que o Parlamento alemão, o Deutscher Bundestag, tem que dar acesso a um relatório oficial, até agora secreto, compilado pelo Serviço de Investigação Científica do Parlamento na demanda de delegados sobre o conhecimento do governo e estudos sobre a questão dos UFOs e vida extraterrestre. No entanto, o Parlamento quer recorrer da decisão.

"O direito de acesso à informação oficial ao abrigo do Ato de Liberdade de Informação alemão [Informationsfreiheitsgesetz, IFG] também se aplica aos estudos e relatórios do Serviço de Investigação Científica do Bundestag", explicou a corte em seu anúncio de decisão em 01 de dezembro.

A defesa do Bundestag foi ouvida, negando o acesso ao documento, referindo-se à alegação de que "o trabalho e os resultados do Serviço de Investigação Científica do Bundestag são parte do trabalho do Parlamento e da obrigação dos delegados e, portanto, devem ser excluídas as exigências referentes à Lei de Liberdade de informação".

Em sua nota de imprensa, o tribunal explicou que "os juízes não concordaram com esta afirmação do Parlamento e, portanto, não seguiu a reclamação apoiada pelo Bundestag e, em vez disso, ordenaram que deve fornecer ao requerente tal relatório secreto".

Também negou o argumento de que tal processo representaria uma violação da propriedade intelectual do Serviço de Investigação Científica do Bundestag ou o Bundestag em si, como alegado pelo Parlamento na corte. Enquanto o tribunal confirmou que o mesmo e o seu serviço científico é o proprietário dos direitos autorais e o direito da primeira publicação, esclareceu que "a apresentação dos documentos não violaria os direitos autorais, já que o requerente não quer publicar ou comercializar, mas simplesmente quer lê-lo"

Enquanto o tribunal ordenou a apresentação documental descrita no papel, em face do fato de que a decisão tem uma importância fundamental...
 

Leia matéria completa

 
Agradecimentos a:

Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo