sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Estudiosos de “visão remota” garantem que astronautas viram extraterrestres

Por AP/Última Hora/Correio da Manhã 
A polêmica da Apollo 16 em suposta versão 'psíquica'
Vista da cratera Plum, fotografada durante a missão Apollo 16. Do outro lado está o Veículo Lunar (LRV). Crédito: NASA/Science Photo Library
Um grupo de parapsicólogos norte-americanos acusa a Agência Espacial Norte-Americana (NASA) de esconder provas da existência de extraterrestres na Lua durante a missão Apollo 16 em 1972. 

Na polêmica estariam os astronautas John Young e Charles Duke que, segundo algumas teorias da conspiração, alegadamente teriam visto vestígios de uma nave extraterrestre pousada na superfície do nosso satélite natural.

Charles Bolden, administrador da NASA, nomeou os dois astronautas para receberem uma medalha de honra. Uma das premissas para receber o prêmio é o levantamento do sigilo profissional, o que iria permitir – argumentam os conspiracionistas – revelar o que realmente viram na Lua no dia 23 de abril de 1972.

Seis especialistas da Transception, com base em Austin, no estado do Texas, dizem agora que através da técnica chamada Remote Viewing [Visão Remota] conseguiram enxergar o que os astronautas John Young e Charles Duke realmente viram em solo lunar. Os dois foram, respectivamente, o 9º e o 10 º astronautas a pisarem na sua superfície.



Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira 
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo