segunda-feira, 18 de junho de 2012

Comandante da Força Aérea Peruana relatou fatos ao editor da UFO

Por Paulo R. Poian, Redação UFO 
Durante estadia no país, Ufologia Militar foi tema de discussão
Durante a entrevista com o comandante Chamorro. Crédito: A. J. Gevaerd/Revista UFO
O comandante Julio Chamorro, que foi oficial da Força Aérea Peruana (FAP) 



e atualmente, aposentado, é piloto navegador na iniciativa privada, operando voos para a Amazônia Peruana com aeronaves russas Antonov. Em entrevista exclusiva ao editor da UFO na tarde da última sexta-feira (15), revelou suas interessantes experiências pessoais com o Fenômeno UFO e descreveu a criação, em 1999, e oficialização, em 2002, da Oficina de Investigación de Fenómenos Anómalos Aeroespaciales (OIFAA), a entidade oficial da FAP de pesquisas ufológicas - uma das poucas do gênero no mundo.

"Na conversa, extremamente proveitosa, o comandante respondeu com atenção todas as minhas perguntas, que passaram de 60. Não foi fácil para ele, porque meu questionário foi exaustivo. Falamos de tudo, inclusive da Ufologia Oficial que se fez no Peru. Hoje, infelizmente, a OIFAA está paralisada, mas Chamorro está em adiantado processo de reativá-la e acredita que, para isso, poderá contar com o mesmo apoio militar que a entidade sempre teve, inclusive do presidente Ollanta Humala", adiantou A. J. Gevaerd.

O que não se sabia é que a OIFAA foi criada a partir de uma determinação do próprio ex-presidente Alberto Fujimori, ainda nos anos 90, após um a escalada de avistamentos ufológicos substanciais ocorridos no Peru. Os casos mais marcantes teriam ocorrido sobre a capital (Lima) e áreas militares, como a Base Aérea de La Joya, em Arequipa, nos desertos do sul do país, onde UFOs eram constantemente registrados pelos radares. "Chamorro descreveu um contato que o próprio Fujimori teve com uma nave em Iquique, na Selva Amazônica, que o teria estimulado a perseguir o assunto com seus generais, de forma reservada", comentou Gevaerd.

"Conversamos, entre muitos assuntos além de casuística, sobre aspectos sociais do Fenômeno UFO e o comandante revelou o que pensa sobre o aumento de atividade na ação de outras inteligências cósmicas na Terra", disse Gevaerd. Quando questionado sobre a razão da população do Peru ser tão aberta quanto ao assunto, segundo o ufólogo, Chamorro respondeu: "É porque, ao contrário das pessoas que vivem em outras partes do mundo, que foram ensinadas a ver o homem como centro do universo, os povos andinos se sentem parte integrante e ativa dele, e assim tratam da questão da vida extraterrestre de maneira mais natural".

No sábado (16) entrevistou o advogado Anthony Choy, que também fez parte da diretoria da OIFAA e é um reconhecido ufólogo em seu país. Foi com ele a Chilca, área litorânea de intensa incidência ufológica ao sul do país, e aos arredores de Lima para conversar com testemunhas. Depois, o próprio Choy, das 22h00 à 01h00 de domingo (horário de Brasília), entrevistou Gevaerd em seu programa Viaje a Otra Dimensión, na Rádio Capital de Lima.

"A viagem está sendo extremamente proveitosa e retorno ao Brasil nesta segunda com muita coisa boa na mala para publicar na UFO. Dentro de algumas semanas, continuo esta trajetória de entrevistas com militares do continente ligados ou envolvidos com a pesquisa ufológica oficial e vou ao Equador falar com alguns oficiais da Força Aérea Equatoriana", concluiu Gevaerd.



Agradecimentos a:
 

Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo