sexta-feira, 20 de julho de 2012

Coronel da Força Aérea Norte-Americana revela que desmentia casos ufológicos

Por Open Minds/Michael Cline - Tradução: Paulo Poian
Atualmente na reserva, uma de suas funções na ativa era desmerecer, desacreditar os UFOs
Dick Franch durante entrevista. Segundo suas afirmações, o coronel nãom era um militar comum. Crédito: Open Minds TV

Parece que cada vez mais oficiais militares, reformados ou ex-funcionários do governo, estão vindo à público para partilharem seus testemunhos em projetos federais secretos em que foram envolvidos. 
 
Por exemplo, há poucos dias um veterano da CIA com 35 anos de serviços prestados, chamado Chase Brandon, revelou para o jornalista e pesquisador Lee Speigel do Huffington Post que ele mesmo viu num arquivo da CIA uma caixa com documentos confirmando que o incidente de Roswell era de origem extraterrestre [Veja Ex-agente da CIA teria confirmado Caso Roswell durante entrevista].

Recentemente, no International UFO Congress, um ex-piloto combatente se aproximou do pesquisador Antonio Huneeus da Open Minds e pediu para compartilhar sua história. Na reserva da Força Aérea (USAF), o coronel Dick Franch [Richard E. Franch] tem 27 anos de experiência militar, que o levou ao redor do mundo. Ele voou em aviões de combate no Vietnã e na Coréia, operando na inteligência militar, e foi exposto a alguns dos segredos de nossas maiores nações. Sua carreira começou no Air Force Office of Special Investigations [Escritório da Força Aérea para Investigações Especiais, AFOSI], onde iria conduzir vigilâncias para remover o pessoal que estava quebrando o código militar de conduta.

Franch, em seguida, mudou-se para a escola de treinamento de pilotos e mais tarde foi colocado no 6004º Air Intelligence Security Squadron [6004º Esquadrão de Inteligência e Segurança Aérea], onde um de seus deveres era investigar qualquer relato de avistamento de UFOs. Ele iria recolher qualquer evidência fotográfica, interrogar testemunhas sobre o tamanho e a forma do objeto, sua capacidade estimada, e quaisquer outras ocorrências que envolvesse o evento.

No final, porém, seus superiores lhe disseram para que despistasse e desacreditasse estes avistamentos perante. Esta posição também lhe permitiu viajar para muitos lugares interessantes e pontos de extrema casuística ufológica, assim como participar de reuniões entre o alto escalão, numa das quais afirma ter encontrado pessoalmente o coronel Philip J. Corso.

Enquanto ainda estamos investigando a fundo o coronel Franch, sabemos que ele estava no AFOSI e também participou do 25 Fighter Squadron [25º Esquadrão de Caça], das Forças Aéreas do Pacífico (PACAF), e parte das suas funções era de desacreditar avistamentos e ocorrências envolvendo UFOs. Como grande parte de sua história poderá ser confirmada ainda está sendo decidido, mas a equipe Open Minds vai continuar a investigar a vida e carreira desta figura fascinante.

Assista a entrevista de Franch 
 
 
 
 
 
 
Agradecimentos a:
Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br
Consultor da Revista UFO Brasil

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo