segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Berlusconi continua no governo, dizem fontes próximas

Roma -  O premier italiano, Silvio Berlusconi, não tem pretensão alguma de renunciar ao posto para recompor a maioria governista, como exigiu mais cedo o presidente da Câmara dos Deputados, Gianfranco Fini, afirmaram ontem ((7)  fontes próximas ao chefe de Governo.       Segundo as mesmas fontes, o primeiro-ministro teria dito aos seus colaboradores que, caso Fini crê que a maioria governista terminou, este deve se pronunciar no Parlamento, votando contra o Executivo.

Berlusconi, porém, ainda não comentou oficialmente as declarações feitas pelo ex-aliado em um discurso ao anunciar as bases de seu novo partido, o Futuro e Liberdade para a Itália (FLI), em Bastia Umbra, Perugia, centro do país.

Durante o ato, Fini declarou que o premier "deve mostrar a valentia política que já demonstrou" em outras ocasiões e "tomar a decisão de entregar sua demissão, subir ao Quirinale [sede da Presidência, ndr.] e declarar que, de fato, há uma crise".

Antigo aliado do primeiro-ministro, com quem fundou em 2009 o partido governista, Povo da Liberdade (PDL), Fini agora considerou que o líder italiano não atende aos seus pedidos, mas ressaltou que o FLI "não irá contra ele, mas sim além".

"Não podemos seguir assim, Berlusconi tem o dever de dizer se quer abrir uma nova fase, discutindo e levando em consideração outras opiniões, ou se quer seguir em frente sozinho. Qualquer que seja a sua decisão, a respeitaremos", insistiu.
A postura do titular da Câmara, que foi retirado do PDL em julho passado por manter atitudes oposicionistas, voltou a tumultuar o cenário político italiano. Para Pierluigi Bersani, líder do Partido Democrata (PD, a maior força de oposição), a Itália "evidentemente passa por uma crise política".

"Não imagino que Berlusconi se demita amanhã (...). Mas a situação de hoje é evidente também aos cegos", ressaltou o opositor.

Um pronunciamento oficial do premier é bastante aguardado no país. Em setembro passado, aparentemente, Berlusconi havia conseguido superar a situação ao submeter seu programa de governo à votação na Câmara e no Senado, obtendo o respaldo das duas casas.

www.ansa.it/www.ansalatina

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo