terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Civilização extinta da Amazônia deixou linhas cavadas na terra

Por The New York Times/Simon Romero/UOL - Tradução: Eloise De Vylder 
Confirmada a existência de pelo menos duas centenas dessas estruturas e, a cada dia, mais são descobertas
Imagem aérea de uma das centenas de figuras, vestígios arqueológicos representados por desenhos geométricos de grandes dimensões que estão sendo pesquisados por equipe chefiada por brasileiros. Crédito: Alceu Ranzi/Denise Schaan /Sergio Vale




Enquanto desmatava o terreno de sua família há algumas décadas perto de Rio Branco (AC), no extremo oeste da Amazônia brasileira, Edmar Araújo percebeu uma série de linhas cavadas profundamente no solo. "Essas linhas eram perfeitas demais para não terem sido feitas pelo homem", disse Araújo, um criador de gado de 62 anos de idade. "A única explicação que eu imaginei foi que eram trincheiras para a guerra contra os bolivianos".

Mas não eram trincheiras, pelo menos não para nenhum conflito que aconteceu aqui no início do século 20. De acordo com surpreendentes descobertas arqueológicas feitas pela região nos últimos anos, as linhas cavadas no terreno de Araújo e outras centenas delas nas imediações, são muito, muito mais antigas – refutando potencialmente o que se sabia até agora sobre a maior floresta tropical do mundo.

O desmatamento que vem devastando a Amazônia desde os anos 70 também expôs um segredo há muito escondido sob a densa floresta tropical: formas geométricas desenhadas com perfeição que se estendem por centenas de quilômetros de diâmetro.

Alceu Ranzi, um acadêmico brasileiro que ajudou a descobrir os quadrados, octógonos, círculos, retângulos e ovais entalhados no chão, disse que os geoglifos encontrados na terra desmatada são tão significativos quanto as famosas linhas de Nazca, os símbolos enigmáticos de animais que podem ser vistos de avião no sul do Peru. "O que mais me impressionou em relação a esses geoglifos foi sua precisão geométrica, e como eles emergiram de uma floresta que todos nós aprendemos que era intocada exceto por algumas tribos nômades", disse Ranzi, paleontologista que primeiro viu os geoglifos nos anos 70 e que, anos mais tarde, examinou-os a bordo de um avião.

Para alguns acadêmicos da história humana na Amazônia, os geoglifos do Estado brasileiro do Acre e outros sítios arqueológicos sugerem que as florestas do oeste da Amazônia, antes consideradas inabitáveis para sociedades sofisticadas, em parte por causa da qualidade de seus solos, podem não ter sido tão parecidas ao Éden como defendem alguns ambientalistas.

Em vez de florestas prístinas, pouco habitadas por seres humanos, partes da Amazônia podem ter abrigado durante séculos grandes populações que chegavam a milhares de pessoas e que viviam em dezenas de cidades conectadas por redes de estradas, explica o escritor norte-americano Charles C. Mann. De fato, de acordo com Mann, o explorador britânico Percy Fawcett desapareceu em 1925 durante uma busca pela "Cidade Perdida de Z" no Xingu, uma área com esse tipo de assentamento urbano.

Além de afirmar que partes da Amazônia eram "muito mais densamente povoadas do que se pensava", Mann, o autor de 1491 [Knopf, 2005], um livro inovador sobre os americanos antes da chegada de Colombo, disse: "Essas pessoas modificaram intencionalmente seu ambiente de forma duradoura". Como resultado desses trechos extensos de povoamento humano, as colossais florestas da América do Sul podem ter sido bem menores em alguns momentos, com áreas grandes lembrando savanas relativamente vazias...





Agradecimentos a: 
 

Paulo R. Poian.
Coordenação Portal da Ufologia Brasileira www.ufo.com.br
Consultor da Revista UFO Brasil

1 Comentário:

vagnaldo disse...

Não é de se estranhar,pois de acordo com uma tribo esquimó existe uma lenda a qual espera suas geleiras derreterem para seu povo voltar ao esplêndor,ou seja antes não havia gelo mas sim uma floresta verdejante e rica em caça.Esse fato é afirmado por um achado;um mamute congelado e no seu estômago tinha folhas e matos.Sem dúvidas houveram outras humanidades tão ou mais evoluídas que a nossa e seu legado esta espalhado mundo afora basta juntarmos o quebra cabeças e descobrirmos a verdadeira história do nosso planeta.

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo