quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Música: começa turnê do La Scala em Buenos Aires

Milão - De Milão começa a expedição do Teatro La Scala que, sob a batuta do maestro Daniel Barenboim, levará o coro e a orquestra do mais famoso teatro lírico italiano para Buenos Aires. Serão três apresentações no Teatro Colón, por ocasião do Bicentenário da República Argentina.

Nos dias 29 e 31 de agosto, os músicos do La Scala oferecerão uma versão em forma de concerto da "Aida" de Giuseppe Verdi, enquanto que no dia 30 tocarão a "Missa de Réquiem", única obra de inspiração religiosa do compositor italiano.

O programa retoma essencialmente o que foi levado no ano passado a Tel Aviv, com a diferença de que na cidade israelense a "Aida" de Franco Zeffirelli foi encenada na íntegra, enquanto que desta vez sua versão será reduzida. Mesmo assim, do La Scala embarcam para Buenos Aires cerca de 240 pessoas, entre músicos, solistas, cantores do coro e técnicos.

No elenco de "Aida" estão Ekaterina Gubanova no papel de Amneris, Oksana Dika no de Aida e Salvatore Licitra no de Radamés.

A única mudança do programa anunciado inicialmente se refere ao "Réquiem": o tenor Fabio Sartori será substituído por Giuseppe Filianoti, que em 2008 comprou uma briga com os responsáveis pelo La Scala por ter sido excluído da função de estreia de "Don Carlos", mas depois participou dos espetáculos em Tel Aviv.

Esta é a primeira vez que a orquestra e o coro do La Scala se apresentam no Teatro Colón. Em 2001 quem tocou em Buenos Aires foi a Filarmônica (e não a orquestra) de Milão, dirigida por Riccardo Muti.

Os custos da turnê do La Scala são cobertos pelo governo da cidade, que contribuiu com cerca de € 145 mil, por Unicredit e quatro patrocinadores: Fiat Argentina, Pirelli, Tenaris e Ghella (€ 150 mil cada um).

A estes se somou o apoio do município de Milão, do Instituto Italiano de Cultura e da Embaixada italiana em Buenos Aires.

Na turnê, além dos músicos, segue também um protesto contra o decreto Bondi sobre as fundações lírico-sinfônicas e contra os riscos de privatização do famoso teatro. Serão distribuídos folhetos de protesto, com o apoio dos músicos do teatro argentino, que vive uma situação semelhante.
 
www.ansa.it/www.italianos.it

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo