quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Analfabetismo científico preocupa norte-americanos

Para parcela significativa dos universitários norte-americanos, astrologia e numerologia são confundidas como ciências. Crédito: Editoria de Arte/Folhapress

Por Ricardo Mioto 
 
Após ouvir cerca de 10.000 alunos de graduação nos EUA, pesquisadores descobriram que só 35% discordavam da idéia de que ETs teriam construído monumentos como as pirâmides do Egito. Poucos se manifestaram contra outras teses sem base, como o suposto status de ciência da astrologia (não confundir com a astronomia) e a idéia de que existem números da sorte - 22% e 40%, respectivamente. Além disso, mais de 40% disseram que antibióticos matam tanto vírus quanto bactérias - na verdade, só as bactérias são vulneráveis a esse tipo de medicamento.
Para o autor do estudo americano, astrônomo Chris Impey, os números refletem um problema do país: os alunos de ensino médio não precisam fazer cursos de ciência. A maioria estuda biologia, mas menos de metade tem aulas de química e só um quarto estuda física. "Preocupante", diz Impey, "é que o pior desempenho foi justamente o dos alunos de cursos na área da educação". Tal analfabetismo, segundo o pesquisador, não deixa de ser um problema político: "Esses conhecimentos são importantes para avaliar posições políticas sobre mudança climática ou células-tronco, para citar somente dois exemplos".

Para visualizar o gráfico em maior resolução, clique aqui.
"O ensino médio americano é forte em história, conhecimentos gerais, esportes, computação, mas bastante fraco mesmo em ciências", diz Renato Sabbatini, biomédico e educador da Unicamp. "Mas as perguntas que fizeram são hiperelementares, um adolescente minimamente informado que assista televisão saberia responder." Não há números parecidos que indiquem qual a realidade brasileira.

Embora aulas de ciência sejam obrigatórias no ensino médio por aqui, a baixa qualidade não garante muita coisa. "Conspirando contra a compreensão científica no país", diz Sabbatini, "há o fato de que cerca de 70% dos brasileiros só conseguem ler textos curtos e tirar informações esparsas deles. Têm letramento insuficiente. É impossível serem bem informados sobre a ciência moderna."
 
 Agradecimentos a: Poian.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo