quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Governo de Minas abre espaço para microempresários na Superminas

A 24ª Feira e Convenção Mineira de Supermercados (Superminas 2010), que deverá gerar R$ 800 milhões em negócios, será aberta pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Sergio Barroso, nesta terça-feira (19), às 15h30, em Belo Horizonte. A projeção é da Associação Mineira de Supermercados (Amis), organizadora da convenção. Aproximadamente 45 mil pessoas, entre supermercadistas, fornecedores e profissionais do setor devem passar pelo Expominas, local da Superminas, até a próxima quinta-feira (21).

Pela primeira vez, a Superminas abrirá espaço para a participação de pequenas e microempresas estaduais, informa o secretário. Segundo ele, “a novidade só foi possível através de um termo de cooperação técnica assinado com o Sindicato do Comércio Varejista (Sincovaga). A parceria dará oportunidade para que mais de 20 pequenos e microempresários participem da Superminas e é resultado do programa “Primeira Feira”, criado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede). A intenção é fortalecer cada vez mais a parceria com a Amis criando novas oportunidades para a pequena e microempresa mineiras”, enfatizou.

Conduzida pelo Sincovaga, a seleção das empresas considerou, entre outros critérios, se a empresa é formalizada e está em dia com suas obrigações tributárias, nos âmbitos municipal, estadual e federal. A parceria, acrescenta, custeia as despesas destes pequenos e microempresários que, sozinhos, não poderiam arcar com os custos e montagem do estande.

Exportaminas

Neste ano, a Central Exportaminas (unidade vinculada à Sede), participa da Superminas com um estande de 52m² e o dobro de investimentos do ano passado voltando suas ações para consolidar a convenção em âmbito internacional através da captação de compradores internacionais. Esses compradores participarão da Rodada de Negócios Internacionais nos dias 20 e 21, organizada pelo Sebrae-MG em parceria com o Banco do Brasil, Fiemg e Exportaminas.

Segundo o gerente de promoção comercial da Central Exportaminas, Ivan Barbosa Netto, a expectativa é de que sejam realizados mais de 300 agendamentos entre compradores internacionais e ofertantes, o dobro do ano passado. A estimativa é que 70% dos participantes sejam supermercadistas ou líderes do setor. São esperados 20 compradores dos cinco continentes. Estão confirmados vários países como Portugal, Tanzânia, Emirados Árabes, Polônia, Moçambique, África do Sul, Panamá, Holanda, México, Ilhas Maurício, Israel, Estados Unidos, Malásia, Argentina, Guatemala, Uganda e Bulgária.

Barbosa afirma ainda que a feira é muito importante para os compradores porque eles têm a oportunidade de conhecer mercados potenciais in loco, novos produtos e ainda identificar seus fornecedores pessoalmente. “A feira é uma oportunidade única de conhecer novos produtos identificando sabores, cores e aromas”, esclarece.

A Superminas também contará com espaços segmentados para cada setor como Superminas Food Show, Ilha da cachaça, Ilha do vinho e do Queijo e o Encontro de FLV (Frutas, Legumes, Ovos, Flores e Verduras), que conta com a presença de produtores e compradores, além da CeasaMinas e de grandes atacadistas do setor.

Este ano a Superminas apresenta duas novidades, a “Ilha da Tecnologia”, que atenderá as demandas de software e equipamentos e a “Ilha de Orgânicos”, seção em constante crescimento nos supermercados. Segundo dados do setor, a venda de orgânicos cresce em média acima de 20% ao ano. O grande destaque da feira neste ano é a consolidação do evento internacionalmente. O trabalho vem sendo realizado pela Central Exportaminas e parceiros do comércio exterior de Minas Gerais nos últimos três anos.

Além de novas oportunidades de negócios, um dos principais objetivos da Superminas é promover a qualificação profissional para o segmento supermercadista. Ao todo serão promovidas cerca de 40 atividades entre palestras com participantes internacionais, workshops, fóruns e visitas técnicas. Na grade, estão confirmados grandes nomes do setor supermercadista de várias redes mineiras e nacionais para falar de assuntos como atendimento, RH, tecnologia, entre outros.

Os supermercados de Minas Gerais são responsáveis pela criação de 132 mil empregos diretos e geram receita anual de R$ 13,1 bilhões. São 6.750 estabelecimentos em todo o Estado.
jornalvarginhahoje

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo