terça-feira, 12 de outubro de 2010

Roma, cidade eterna

Roma (Itália) - Roma da riqueza, do pôr do sol inesquecível e das ruelas milenares. Roma sonolenta e caótica ao mesmo tempo. Roma das ruínas, mas sempre cheia de vida. Uma cidade que seduz e que se mostra com orgulho aos seus visitantes. Roma simples, mas também grandiosa. São retratos de uma cidade de charme e magia, para onde sempre se quer voltar.

Comece sua visita à Roma pelo Fórum Romano, berço da cidade. Sinta o silêncio das antigas ruínas aos pés do Capitólio e do Palatino e o perfume delicado dos pinheiros antes de ganhar as ruas da cidade. Passados os ruídos e o engarrafamento das avenidas, chegue às áreas de pedestres, com o emaranhado de ruelas que exalam os aromas das massas e do café, dando à capital da Itália um charme deliciosamente provinciano. Perambule de praça em praça e se encante pela riqueza do patrimônio arquitetônico que torna Roma meio cidade, meio museu.

Prepare-se, Roma é apaixonante!

Há muita coisa para ver em Roma e conhecer tudo em três ou quatro dias é impossível. Mas alguns lugares e monumentos são imperdíveis. Tente visitar o que puder e, se não der, mais um bom motivo para voltar.

O que ver e fazer

ROMA ANTIGA - Como não ficar emocionado passando pela Via Sacra, coração da cidade antiga, do Coliseu ao Fórum republicano, no caminho que foi cenário de todos os triunfos do Império? Como não ficar atordoado diante deste livro aberto de história que ressuscita uma civilização? As ruínas majestosas convidam à meditação, sob a sombra perene dos pinheiros e ciprestes. Sob o sol poente, tudo é simplesmente inesquecível.

COLISEU OU ANFITEATRO FLAVIO (Colosseo) - Piazza Del Colosseo. Tel.: 0639 967 700. www.pierreci.it. Das 9h até o pôr d sol. 9 euros . Inclui também a entrada do Palatino. Compre o ingresso nos caixas do Palatino, que tem filas menores do que o Coliseu. O maior anfiteatro do mundo romano, construído nos anos de 80 e 90 d.C., continua terrivelmente impressionante! As dimensões são realmente colossais: 527 metros de circunferência por 57 metros de altura. A sucessão de 80 grandes portas, ainda sólidas, dava entrada a 50 mil pessoas. Dependendo da classe social, se assistia aos espetáculos nas tribunas, nas arquibancadas, sentado ou de pé.

Os gladiadores faziam a volta na arena, paravam diante do imperador e proclamavam a famosa frase: “Ave Imperator, morituri te salutant!” (Salve Imperador, os que morrerão te saúdam!). Apenas dois terços da construção original sobreviveram ao tempo e ao ataque de vândalos. É uma das sete maravilhas do mundo moderno.

FÓRUM ROMANO - Saindo do Coliseu, pela Via Sacra, passando pelo Arco di Tito. Tel.: 0639 967 700. Diariamente, das 9h até o pôr do sol. Visitas guiadas: 4 euros. Informe-se nos guichês do Palatino.

O Fórum Romano era o coração da comunidade, onde os comandantes tomavam suas decisões, os habitantes vendiam seus produtos e veneravam seus deuses. A partir do século 6 a.C., Roma ergueu progressivamente o Fórum, que centralizaria toda atividade política e, posteriormente, todos os esplendores da cidade. Reúne monumentos e antigas ruínas, como o Templo de Vespasiano e Tito. Observe também os demais templos, como Saturno, Castor e Pólux, e Vestais. Estão também ali instalados a Cúria (Senado), o Arco do Triunfo de Tito e a Basílica di Massenzio e Costantino.

PALATINO - Bilheteria no Fórum - 9h até 1 hora antes do pôr-do-sol. 9 euros, inclui a entrada para o Coliseu.

Alguns lugares de Roma parecem abençoados pelos deuses, assim como o Palatino, com seus jardins e ruínas incríveis. É fácil imaginar como era a vida dos imperadores que lá viviam (a palavra ‘palácio’ vem de ‘Palatino’), de tanto que os monumentos estão conservados. Roma nasceu nesta colina: após uma enchente do Rio Tibre, o berço dos gêmeos Rômulo e Remo, seus fundadores, teria encalhado ali. As crianças teriam sido resgatadas e aleitadas por uma loba, numa gruta. São lendas. Mas, em 1949, no local que supostamente seria a casa de Rômulo, foram encontrados pelos arqueólogos, vestígios de uma cabana, do 8º e 7º século antes de nossa era...
O complexo imperial inclui o estádio, a residência dos imperadores (Domus Augustana) e o palácio imperial (Domus Flavia).

CENTRO HISTÓRICO - Fachadas renascentistas, praças grandiosas com fontes barrocas, igrejas de um luxo inusitado, solenes testemunhas da Antiguidade. No coração histórico de Roma, sede da ‘cidade barroca’, a arte parece ter dado movimento e vida a cada pedra.

PANTHEON - Piazza della Rotonda. Tel.: 06 68 300 230. Seg a sáb, das 9h às 18h. Dom, das 9h às 13h. Grátis. O Pantheon é considerado uma das grandes proezas arquitetônicas da Roma Antiga. Foi construído em 27 a.C. para ser um templo consagrado a todos os deuses (pan= Todos e theos = deuses). Sofreu um incêndio em 80 d.C, foi reconstruído e se mantém conservado até hoje.

PIAZZA NAVONA (Praça Navona) - Local elegante da cidade, a praça é uma concentração de ambientes interessantes, o encontro fascinante da beleza arquitetônica com o cotidiano do povo da cidade. A praça se agita ao ritmo do vai e vem dos turistas maravilhados, dos camelôs, dos jovens que se encontram, dos militantes políticos que ali discursam. As ruas, no entorno, estão cheias de prédios enfeitados de glicínias, que são um charme só.

CAMPO DEI FIORI (Campo de Flores) - Campo dei Fiori é um dos locais mais charmosos de Roma e um dos mais movimentados. Todas as manhãs, ela se enche de flores e verduras no mercado que funciona ali. À noite, bares animam as ruas próximas. Foi lá que o filósofo Giordano Bruno foi queimado vivo em 1600 pela Igreja Católica, como herege, por ter afirmado, corretamente por sinal, que a Terra é que girava em torno do Sol, e não o contrário, como defendia a igreja.

TERMAS DE CARACALLA - Via delle Terme di Caracalla 52. Tel.: 0639 967 700. www.pierreci.it. Diariamente, exceto segunda-feira à tarde. Das 9h até 1h antes do pôr-do-sol. Entrada: 6 euros.

Comece seu passeio pela Piazza Bocca della Veritá (praça ‘Boca da Verdade’). No caminho, conheça a Igreja Santa Sabina all’Aventino, um belo exemplo de igreja dos primórdios do cristianismo, e passe pelo Circo Massimo, que já foi o maior circo de Roma, atualmente descaracterizado.

É difícil imaginar como funcionavam as termas, construídas em 212 d.c, antes decoradas com mosaicos, mármores coloridos e paredes douradas, vendo as ruínas que são hoje. Mas a imponência da construção ainda impressiona: os muros e as abóbadas têm 30 metros de altura. Todos os cidadãos romanos tinham acesso aos banhos. Durante o dia, seis pessoas frequentavam as termas. Completavam o complexo, um ginásio, biblioteca e jardins. Atualmente, as Termas de Caracalla servem de palco para manifestações artísticas, como o concerto dos três tenores em 1990.

PIAZZA DE SPAGNA E PIZZA DEL POPOLO - O bairro que vai da piazza di Spagna à Colina du Pincio, antes frequentado por escritores, depois por estrelas de cinema, ainda tem um ar artístico. Atrás das ruas luxuosas e das butiques de alta costura se escondem pequenas ruelas, ocupadas por antiquários e ateliês. A via Margutta, a delle Carrozze e a della Croce levam ao norte da cidade, onde, depois da impressionante Piazza Del Popolo, encontra-se o paraíso da cidade: a Villa Borghese.

PIAZZA DI SPAGNA (Praça de Espanha) - É com certeza o local mais elegante de Roma. Abrigando a Igreja di Trinata di Monti e sua imponente escadaria, a praça é o ponto de encontro de romanos e de turistas. No centro da praça há uma fonte em forma de barco, a Fontana della Barcaccia, que foi construída em 1629.

PIAZZA DEL POPOLO (Praça do Povo) - Entrando em Roma pela Porta Del Popolo, o visitante é tomado pelo cenário espetacular da cidade que se abre. Da Piazza Del Popolo, a via Del Corso, a via Del Babuíno e a via di Ripetta penetram profundamente na cidade formando o famoso Tridente, fácil de achar em qualquer mapa. A praça abriga um obelisco central, vindo do Egito, e as duas igrejas ‘gêmeas’ Santa Maria di Montesanto e Santa Maria dei Miracoli.

Perto da Porta Del Popolo, a Igreja Santa Maria Del Popolo abriga tantas obras de arte quanto um museu. São obras de Rafael, Caravagio e outros.

PARQUE VILLA BORGHESE - O segundo maior parque público de Roma abriga magníficos jardins, fontes e árvores seculares, palácios, museus e galeria.

GALERIA BORGHESE - Funciona diariamente, das 9h às 19h. Visitas agendadas. Tel.: 0622 582 493. Entrada: 8,5 euros. www.galeriaborghese.it.
A galeria, uma magnífica construção do século 17, reúne extraordinária coleção de estátuas e quadros, montada pelo Cardeal Scipione Borghese, apaixonado pela arte antiga, a renascença e o neoclassicismo. São obras esplêndidas espalhadas pelos dois andares. Imperdível!

FONTANA DE TREVI - Piazza di Trevi. A romântica fonte que aparece no filme ‘La Dolce Vita’, de Fellini, é um dos pontos turísticos mais visitados de Roma. Se você conseguir ultrapassar a horda de turistas e sobreviver ao ataque dos vendedores de souvenirs, não se esqueça de jogar duas moedas por cima dos ombros. Uma para atender seu desejo e a outra moeda para voltar a Roma.

VATICANO - Pontinho minúsculo no mapa Mundi, mas imenso por sua autoridade, o Vaticano é o menor Estado do mundo — 44 hectares e menos de mil habitantes —, tendo como o soberano, o Papa. Apesar de pequeno, a magnificência da praça e da Basílica de São Pedro, a profusão de obras-primas nos museus e palácios, o fervor intenso dos fiéis do mundo inteiro que lá vão, o Vaticano está inegavelmente em um patamar de respeito e magnitude. Visite O Castel Sant’Angelo, a Praça São Pedro, a Basílica de São Pedro e os palácios e museus do Vaticano.

http://odia.terra.com.br
 
blogdoaleitalia 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo