terça-feira, 16 de novembro de 2010

Ponte do Estreito de Bering?


A idéia de construir uma ponte sobre o Estreito de Bering tem sido um sonho há muito acalentado por alguns engenheiros e um dos maiores desafios tecnológicos da humanidade. Embora a possibilidade de unir os dois continentes, em uma das regiões mais extremas da Terra continua a testar os limites da imaginação humana, existem alguns elementos que nos permitem pensar em um desenvolvimento não muito distante, dadas as vantagens estratégicas e económica possa realizar o projeto.


Os autores do documentário fascinante "Bering Strait Bridge"Discovery Channel, especulam sobre esta possibilidade a partir de um ponto de vista técnico, analisando os elementos que seriam necessários para construir tal estrutura. Dado o tempo na área, a ponte teria que superar não apenas o tamanho conhecido até agora, mas teria que enfrentar um mar revolto, o ataque de icebergs gigantes e temperaturas até 50 graus abaixo de zero.

Esta situação seria necessário  construir pilares fortes o suficiente para resistir ao ataque de grandes icebergs que atravessar o Mar de Bering. Para fazer isso, estima-se que os pilares deveriam ter um peso de cerca de 50.000 toneladas e uma altura de 40 metros, além de ser dotado de um design cônico como o casco de um navio quebra-gelo. No total, para cobrir a distância de 85 quilômetros entre os territórios da Sibéria e o Alasca, que levaria mais de 200 colunas e do concreto utilizado daria para construir 140 Empire State Buildings.

Apesar das dificuldades, o projeto teria uma vantagem insignificante para a natureza, tais como a existência das ilhas Diomedes apenas pela metade. Assim, seria necessária a construção de duas pontes de 40 km, correspondendo cada comprimento da maior ponte na existência hoje, a única localizada no lago Pontchartrain Em Nova Orleans.

 Uma vez levantada, a ponte teria três níveis, um maior para caminhões e carros, outra central de trens de alta velocidade e um terceiro de oleodutos importantes que permitem a troca de óleo entre os dois continentes.


O projeto, claro, seria um desastre ecológico em uma dimensão inesperada das últimas reservas naturais do mundo. Mas os dados - à luz da experiência - que têm pouco peso se fosse para garantir o abastecimento de combustível para a nação mais poderosa da Terra.

Créditos de imagem: Discovery Channel / Mais informações: 1, 2

Documentário: Parte I, II, III, IV, V


fonte:  http://www.fogonazos.es/

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

Não serão aceitos comentários Anônimos (as)
Comentar somente sobre o assunto
Não faça publicidade (Spam)
Respeitar as opiniões
Palavras de baixo calão nem pense
Comentários sem Perfil não será publicado
Quer Parceria não será por aqui.(Contato no Blog)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Link - me



Software do Dia: Completo e Grátis

Giveaway of the Day

Suas Férias

PageRank

  ©LAMBARITÁLIA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo